SÁBADO DE CARNAVAL É DIA DE APRECIAR MULHER NUA, DE MUITA VADIAGEM E FICAR COM A CARA ENCHARCADA DE CACHAÇA...


 
Eu, desde a adolescência comecei a me interessar por revistas de sexo e via sempre fotos e contos envolvendo cenas de sexo a três, o que chamam de MÉNAGE A TROIS. Batia meio mundo de  punheta escondido sempre imaginando-me, um dia, poder fazer tudo igualzinho. O tempo foi passando e eu cresci, namorei normalmente até encontrar a menina da minha vida. Começamos o namoro e logo descobrimos que o tesão era incontrolável entre nós, nossos amassos cheios de muita pegação e beijos ardentes. Tudo sempre foi uma verdadeira alucinação entre nós e o tempo foi passando, até que nossas carícias aumentaram, começamos a fazer sexo oral um no outro mas sem penetração, pois a virgindade ela preservava e eu respeitava. Era muito bom ficar nu com ela e gozar freneticamente na beirada daquela bucetinha linda e morena. Noivamos e nossa vida sexual continuou uma chama acesa de tanto fogo que não havia como controlar. VEIO ENTÃO O DIA EM QUE CONSUMAMOS NOSSA PRIMEIRA TREPADA, EMBORA INEXPERIENTES NA PENETRAÇÃO, JÁ ÉRAMOS MESTRES NA ARTE DE GOZAR JUNTOS SÓ NO RALA E ROLA. NOS CASAMOS E CONTINUAMOS EM PERFEITA HARMONIA, NOSSO QUARTO UM CANTEIRO DE SEXO, QUE NOS ANUNCIAVA O MOMENTO DO INÍCIO DE UMA BOA TRANSA E SE ESQUECIA DE AVISAR A HORA QUE DEVERÍAMOS PARAR. TREPÁVAMOS, PELA MANHÃ QUANDO ACORDÁVAMOS, A TARDE E A NOITE ANTES DE DORMIR. Nunca percebi nada de estranho no comportamento dela, mas eu alimentava o desejo de colocar outro cara para participar das nossas trepadas, fomentando aquela fantasia da adolescência. Ela sempre relutava e não gostava da idéia e eu me contentava apenas com o sonho de poder um dia realizar aquela tara maluca. Passados alguns anos, tive que trabalhar fora e percebi que o comportamento da minha bela menina já não era aquele de outrora, imaginei que algo poderia estar errado E A CADA TREPADA EU PROCURAVA INSINUAR CADA VEZ MAIS O DESEJO DE VÊ-LA DANDO AQUELA GOSTOSA BUCETA A OUTRO CARA, DESDE QUE NÃO FOSSE ALGUÉM CONHECIDO, MAS MESMO ASSIM ELA NÃO ESQUENTAVA COMO ANTES, AS TREPADAS ERAM FRIAS E O GOZO MENOS FREQUENTE, ENTÃO RESOLVI INSTALAR EM NOSSO COMPUTAR O FAMOSO UM PROGRAMA DE GRAVAÇÃO DE CONVERSAS. Preparei tudo com muito medo, pois ela é a mulher da minha vida e eu sempre fui muito respeitoso com a privacidade dela, mas resolvi correr o risco num verdadeiro dilema: ou eu encontrava o que ela estava aprontando ou iria ficar com a consciência pesada o resto da minha vida. Uma traição sem precedentes. Deixei tudo pronto, a armadilha no gatilho e viajei, passei longos 15 dias fora de casa e uma ansiedade recheada de dúvidas sobre qual posição eu deveria adotar caso o que eu imaginasse fosse verdade. Chegou o dia da minha volta pra casa e ao chegar dirigi-me logo ao computador. Foi então que logo de cara vi o e-mail de um rapaz que eu já havia desconfiado que algo poderia ter acontecido entre eles. Fui direto em cima e comecei a ler. Um susto! o texto revelava o que eu jamais poderia imaginar. A seguir, para melhor explicar o que li, reescrevo alguns trechos da conversa:

Ele: como você está agora?!?!?!

Ela: Tô de baby Dool!!!

Ele: hum! pode Ligar a cam?

Ela: só um pouquinho!

Ele: Hum delícia! Como você é gostosa!

Ela: rsssss! poderíamos ir em algum lugar bem escondidinho qualquer dia o que você sugere?

Ele: Motel!

Ela: como você é direto hein!

E A CONVERSA FLUI ENTRE PERGUNTAS E RESPOSTAS PICANTES E EXIBIÇÕES NA CAM QUANDO ELA PERGUNTA: COMO VOCÊ ESTÁ?!?!?!

Ele responde:daquele jeito

Ela: aceita a cam

Ele: não tá funcionando

Ela: eu tô molhadinha você acredita?

Ele: vamos matar nossas carências agora?

ENTÃO A DECISÃO!

Ele: posso lhe encontrar agora?

Ela: Aqui não! Vamos no meu ou no seu carro?

Ele: Tô sem carro.

Ela: O meu é suspeito mas vamos.

Ele: você me pega aqui perto de casa?

Ela: sim! fique bem cheiroso.

UMA PAUSA...

Ele: O que foi, desistiu?

Ela: Tava escovando os dentes

Ele: Posso esperar?

Ela: Tô indo.




Era tudo o que eu não queria saber, mas numa mistura de sentimentos, comecei a vislumbrar a oportunidade de não perder a menina da minha vida, minhas conclusões eram uma mistura de revolta e tesão que só me deixavam atordoado. Logo, tive que viajar para trabalhar, fiquei mais 15 dias longe de casa, e nossa vida uma verdadeira batalha de telefonemas malucos onde em determinados instantes fazíamos juras de amor e fidelidade dali pra frente e em outros cada um cobrava o passado obscuro do outro e as brigas acirradas em e-mails e telefonemas, culminaram em uma reviravolta na nossa vida onde decidimos passar tudo a limpo. Durante a viagem de volta, eu enlouquecido de tesão, liguei para ela e em poucas palavras disse
 
 
SE PREPARE! E ELA RESPONDEU PRA QUE?!?!?! EU FIRME E DECIDIDO: A MINHA FANTASIA SE REALIZARÁ HOJE. TÁ PRONTA? ELA SORRIU E EM TOM DE DÚVIDA DISSE: VAMOS VER!!! Longas horas se passaram até eu chegar em casa no dia aprazado. Nos abraçamos com beijos ardentes, parecidos com aqueles do inicio do namoro, tomei banho e  tracei um lanche rápido. FUI PARA O COMPUTADOR E  TRANQUEI A PORTA DO QUARTO E ENTREI NUMA SALA DE BATE-PAPO NO MOTEL QUE FICA NA SAÍDA DE GARANHUNS  QUEM VAI PARA CAETÉS, ENQUANTO ELA TOMAVA BANHO. Lá encontrei vários rapazes que logo adicionaram nosso msn e começamos nossa caça, foi quando um boy jovem e moreno, abriu a cam e mostrou sem inibição seu rosto. Percebi que ela logo se interessou por ele cujo nome era  "TICO FANHOSO". Se mostrou educado e paciente; conversou com ela teclando no PC e eu assistindo a tudo muito excitado, então já quase que tomados pela ansiedade de realizarmos juntos nossa fantasia, já que "TICO FANHOSO" nos transmitiu a segurança necessária, pedimos o telefone dele que atendeu ainda com a cam ligada e combinamos nos encontrar ainda naquela noite, LÁ DE FRENTE AO ANTIGO CINE VENEZA. Eram 22:00hs, nós já estávamos devidamente higienizados e perfumados e sugerimos prá ele um bom banho e ela numa das suas predileções pediu que ele ficasse bem perfumado e marcamos o local onde iríamos encontrá-lo. Saímos de casa e no caminho lembro que ela olhou prá mim e disse: é isso mesmo que você quer? respondi afirmativamente balançando a cabeça sem tirar a concentração do volante, já que eu estava totalmente dominado pelo tesão de saber que em poucos minutos eu iria realizar a fantasia que sempre sonhei. Chegamos no sinal do CINE VENEZA e "TICO FANHOSO" não estava lá, ligamos e o telefone dele só chamava. Por alguns instantes imaginei que ele não iria e quando nos preparávamos para voltar o meu telefone tocou e era ele dizendo que estava na Rui Barbosa, ali perto, que a gente aguardasse e logo apareceu. Sem muitas apresentações nos dirigimos até o motel lá da saída de Garanhuns para Caetés. Ao chegar, logo que entramos no quarto, ela ficou meio que nervosa, andando de um lado pra outro sem controle da situação, "TICO FANHOSO" a seguia pacientemente com sorriso de surpresa, mas com um ar de certeza do domínio sobre aquela bela felina enlouquecida. Segurava-a pela mãos mas ela se desvencilhava dele e se voltava pra mim até que pediu uma cerveja que atendi prontamente, abri a lata e ela tomou goles vorazmente, sorria e me beijava, até que "TICO FANHOSO" chegou por trás e a abraçou num sanduíche de mulher. Eu a estimulei a virar-se para ele e ela obediente virou-se a começou um longo beijo com "TICO FANHOSO", que foi com muito jeito, tocando por todo seu corpo ainda vestido, em carícias muito bem executadas sobre pontos estratégicos da pele descoberta pelas roupas, braços, pescoço, e bunda, já que ela estava de mini-saia jeans. Senti que o momento havia chegado e comecei a fotografar. Eles abraçados em beijos absolutamente envolto e provocadores faziam um belo espetáculo para um único espectador: EU, O MARIDO DAQUELA BELA MENINA. Ele muito mais experiente e acostumado com a situação, começou a se despir pela camisa de manga longa de algodão, ela, já menos inquieta o ajudou e juntos eles me olhavam com um caras safadas enquanto eu os fotografava repetidamente, quando ela começou a acariciá-lo no peito cabeludo e foi deslizando as mãos até cintura onde começou a abrir o único botão do short preto  que ele usava e puxando para lados contrários as partes se abriram naquele barulho típico do fecho velcro creeeeec!. Pronto logo o short desceu pelas pernas dele que o tirou pisando sobre o mesmo com os pés naquela característica óbvia de quem não quer se abaixar. Ficou de cueca branca abraçando aquela linda morena ainda totalmente vestida e absolutamente entregue aos seus braços, os beijos deliciosos e provocantes não cessavam,então tomei a iniciativa, abracei minha fêmea por trás e tratei de tirá-la as vestes; deixei-a apenas com uma calcinha preta. Ela então foi se abaixando devagar até chegar ao pau de "TICO FANHOSO", começou a acariciar aquela ferramenta como um brinquedo desconhecido, examinava com atenção a cabeça avermelhada daquele instrumento mais escuro do que a pele e o abocanhou com maestria, lambia da cabeça aos ovos depilados onde provocava nele, contrações de puro tesão. Ao mesmo tempo olhou para mim que me masturbava do lado e me puxou pela mão e começou a chupar também o meu cacete em riste. Nos juntou bem próximo e tentou abocanhar aqueles dois membros eretos e latejantes em sua boca, numa situação onde ela era a principal atriz do filme real e registrado pela minha câmera. Terminada as preliminares, ela se deitou já completamente nua e ele como um garanhão querendo sua fêmea no cio logo foi prá cima dela, um instante em que registrei não só na foto, mas também no pensamento. Deitou-se mansamente sobre ela e começou um amasso impressionante com gemidos em baixo tom, mas audíveis o suficiente para que pudesse entender o quanto estavam excitados. Eu, pressentindo que já não suportavam mais sustentar a situação peguei uma camisinha e a entreguei na mão esquerda de "E" onde  no braço havia uma tatuagem com uma homenagem significativa. ELE A COLOCOU COMO O MENINO OBEDIENTE E LOGO FOI SE ENCAMINHANDO PARA PENETRAR AQUELA BUCETINHA MORENA E FUMEGANTE DE TESÃO POR ONDE ESCORRIA UM POUCO DE LÍQUIDO VISCOSO E BRILHANTE QUE A LUBRIFICAVA, PREPARANDO-SE PARA SER PREENCHIDA. FIQUEI ABSOLUTAMENTE ATENTO A ESSE INSTANTE E VI QUANDO AQUELE DESCONHECIDO COMEÇOU A ENFIAR A VARA NA BUCETA DA MINHA QUERIDA. FOI A CENA QUE EU MAIS DESEJEI VER NO ÂMBITO SEXUAL EM TODA A MINHA VIDA. REGISTREI COM FOTOS E ENTREI NAQUELA FESTINHA PARTICULAR. COLOCANDO MEU PAU NA BOCA DELA. E CHEGUEI A VÁRIOS ORGASMOS ENTRE PENETRAÇÕES E CHUPADAS FRENÉTICAS QUE ELA DAVA. Ele firme e tranquilo aguardava com paciência o momento só pra eles. Então ela se voltou pra ele e sentou por cima, começaram movimentos contínuos e ininterruptos durante alguns minutos quando eu percebi que ela já não conseguia mais segurar o tesão que lhe consumia, mudei a posição da cam para o modo filmagem e comecei a gravar. Ela explodiu num gozo alucinante com gemidos baixos e demorados: ai, aaaaaiii, vou gozar!!! vou goooozaaaaarr!!! han han e gozou de forma intensa, relaxou um pouco sobre o peito de "E" e continuou com os beijos mais amenos nele, se levantou ficou de quatro e pediu a "E" para penetrá-la naquela posição, ele sempre obediente atendeu ao pedido dela e começou o vai-e-vem, o vuco-vuco e o entra-e-sai, impressionante com estocadas violentas que faziam barulhos da saco dele batendo na bundinha linda dela, e absolutamente concentrado, observa a entrada e saída do seu pau dentro daquela bucetinha entregue ao seu bel prazer. EU ATENTO PERCEBI O MOMENTO EM QUE SUAS PERNAS COMEÇARAM E SE CONTRAIR COM MOVIMENTOS INVOLUNTÁRIOS, QUE PERCORRIAM TODO O SEU CORPO, ERA O MOMENTO DA GOZADA DELE, QUE FECHOU OS OLHOS COM SE ESTIVESSE SAINDO DE SI VIROU A CABEÇA PARA O TETO E OS ABRIU COMO SE TIVESSE ACORDANDO DE UM SONHO, OLHOU PARA BAIXO ONDE ESTAVA SEU PAU ENTERRADO TODINHO NAQUELA BUCETINHA AINDA LATEJANDO DE TANTO GOZO E FOI RETIRANDO DEVAGAR, SE CONTRAINDO A CADA MOVIMENTO DE RETIRADA. QUANDO SAIU TUDO, ELE DE FORMA AGRADECIDA, MAS SEM PALAVRAS PARA EXPLICAR O MOMENTO EXCLAMOU APENAS: ÊITA!!! E SORRIU OLHANDO PRA MIM... Ela se levantou e nos abraçou revezou os beijos entre mim e "E", tomamos um banho rápido e calados saímos do nosso ninho de puro sexo. Deixamos "E" nas proximidades da sua casa e voltamos para nosso canto felizes e realizados... Essa história é absolutamente verdadeira e aconteceu comigo e minha esposa. A continuação dessa e outras aventuras que porventura venham acontecer conosco, farei questão de dividir com vocês. Sim!!! um detalhe importante, dia 11/12, fizemos questão de citar no texto é a data do nosso casamento e só depois de tudo percebemos a grande coincidência. Nos casamos de novo!!! Agora livres da traição!!! Desde esse dia, descobri uma coisa maravilhosa: QUE LEGAL GENTE  É  SER CORNO AO VIVO!!!
 
 
 
 




















 


 

 

 

 

 

 

 

 


Olá, meu povão de Garanhuns, leitores do Blog Chumbo Grosso desse barbudão escroto,  venho aqui relatar  uma história real vivida por mim. Sou casado e a esposa e eu somos totalmente  liberais e banda voou. Minha mulher é uma morena tesuda de 1,83  seios fartos, bumbum  torneado,  pernas grossas e roliças.  Dona de um BUCETÃO que se botar na balança pesa uns oito quilos. E pasmem,  tem apenas 28 aninhos. O marmanjão que ora vos fala é um cinqüentão enxuto, PHODEDOR e corpo de halterofilista.  Somos um casal simples como ainda não temos filhos aproveitamos muito em relação a vadiar no  sexo. Somos adeptos do swing, ménage à trois e todo tipo de putaria. minha madame é buceteira pura adora uma lamber xoxota. Pare se ter uma idéia,  Tivemos alguns problemas financeiros e precisamos vender nossa casa(gastamos tudo nos motéis e inferninhos da vida). Daí, tamos aqui,   pagando aluguel de um  quartinho de  uma casa de fundo. Na mesma rua, logo  na casa da frente morava um casal formado por  uma loira linda de 1,80 seios grandes bunda grande tinha 25 anos, seu marido era mais velho tinha 40 e  ele era motorista de uma empresa de transporte e as vezes ficava de 20 a 30 dias longe de casa fazendo entregas, e logo de cara ela fez amizade com a minha esposa. a loira aqui vou chamar de SARARÁ TREPADEIRA. Era muito simpática, divertida e alegre à bessa, como eu trabalho durante a noite algumas vezes enquanto o marido da Ana estava viajando elas dormiam juntas nesses dias. Por eu ser um safado de berço Comecei a fantasiar  transando com as duas e falei pra minha esposa fazer um convite a galegona sarará,  mas ela disse que achava difícil pois ela não dava entrada para esses tipos de assunto aí então eu dei uma idéia no ouvido de minha mulher: NÃO SEI O QUE LÁ, NÃO SEI O QUE LÁ, NÃO SEI O QUE LÁ; NÃO SEI O QUE LÁ, NÃO SEI O QUE LÁ, NÃO SEI O QUE LÁ!!! Não é que colou?!?!?! Na verdade, a sugesta era para minha esposa comprar um vinho e depois de alguns goles colocar uns filmes eróticos pra galega e pegando gosto e aí o clima esquentar. NA MOSCA, LEITORES DO CHUMBO!!! Parecia que estava adivinhando. Comprei o vinho e fui trabalhar deixei os melhores filmes no jeito pra minha esposa colocar só os que tinham mulher com mulher. No outro dia quando cheguei em casa minha esposa estava com um sorriso que eu já conhecia então perguntei rolou? GOZOU MUITO!!!  Com um sorriso sacana ela disse que sim e ainda falou que,   na próxima, a bola da vez era o papaizinho aqui  qeu iria participar pois o marido dela não a comia há mais de 40 dias e ela não estava aguentando mais. Então combinei com a minha esposa que eu iria trabalhar e voltava bem mais cedo para pegar as duas no ato. Na hora combinada voltei pra casa entrei nas pontinhas dos pés,  bem devagar e consegui chegar perto da janela, quando  olhei, vi aquela loira linda deitada toda nua gemendo e minha esposa sugando sua xoxota, fiquei olhando por um instante e entrei. A loira se assustou e quis sair correndo. MINHA ESPOSA A SEGUROU E DISSE QUE ESTAVA TUDO BEM QUE EU SABIA DE TUDO QUE ELA PODIA RELAXAR E AOS POUCOS ELA FOI SE ACALMANDO, MINHA MULHER COMEÇOU A BEIJÁ-LA NA BOCA  E FOI DESCENDO PELOS SEIOS EU FUI CHEGANDO PERTO DELA TIREI MINHA CALÇA E ELA VEIO TIRANDO TAMBÉM MINHA CUECA  E COM AQUELA  BOCONA DE GULOSA E CARENTE DE PICA  ENGOLIU TODO MEU CACETE. POR ESTAR   FAMINTA DE VARA NO RABO ENGOLIA TUDO ATÉ ENGASGASE, MINHA ESPOSA VEIO JUNTO COM ELA CHUPAR MEU CACETE ELAS SE BEIJAVAM E ME CHUPAVA AO MESMO TEMPO. MINHA ESPOSA DEIXOU A ANA E FOMOS NOS DOIS CHUPAR SUA BUCETINHA (UMA DAS BUCETAS MAIS LINDAS QUE EU JA VI LISINHA BRANQUINHA. LINDA, LINDA!!!). ENQUANTO EU CHUPAVA A BUCETA DE ANA MINHA ESPOSA CHUPAVA SEUS PEITOS AS PERNAS EM MINUTOS ANA ESTAVA GOZANDO E URRANDO FEITO UMA LEOA NO CIO. DEPOIS,  ANA FICOU DE 4 E ME DISSE QUE PRECISAVA SER PHUDIDA. ENTÃO FUI METENDO BEM DEVAGARINHO ATE ENTRAR TUDO QUE TINHA DIREITO, LOGO APÓS,  MINHA ESPOSA SE DEITOU E FICOU CHUPANDO O GRELINHO DA ANA ENQUANTO EU FAZIA O VUCO-VUCO E O CHAP-CHAP. EU METIA COM TODA FORÇA COM TODA VONTADE PUXANDO-LHE  OS CABELOS,  DANDO  TAPAS NA BUNDA  CHAMANDO-A  DE PUTA E ELA URRANDO FEITO UMA LOBA NO CIO. A ZOADA QUE A LOIRA FAZIA ERA TANTA QUE PARECIA MAIS A ORQUESTRA SINFÔNICA DE BERLIM EM CONCERTO. DAÍ, EU GRITAVA QUE ELA ERA UMA VADIA MUITO TESUDA, ELA IA AO DELÍRIO E GOZOU POR VARIAS VEZES, DEPOIS EU DEITEI E ELA VEIO PRA CIMA CAVALGAR COM VONTADE EM CIMA DE MINHA PICA.  SUA BUCETA ESTAVA TOTALMENTE  INUNDADA DE TÃO MOLHADA QUE ESTAVA NUNCA TINHA VISTO UMA MULHER TÃO MOLHADA COMO ELA, TRANSAMOS A NOITE TODA DE TODAS AS POSIÇÕES POSSÍVEIS E ELA CONTINUAVA INSACIÁVEL E QUERENDO MAIS. TENTEI COMER SEU CUZINHO MAIS NÃO CONSEGUI ERA MUITO APERTADO ENTÃO EU FECHEI A NOITE COM CHAVE DE OURO COM UMA GOZADA NOS PEITOS DA ANA PARA DEPOIS MINHA ESPOSA DEIXAR ELES LIMPINHOS.... Só sei, que nessa vadiagem, repetimos durante quase um ano até que o marido dela conseguiu comprar uma casa em outra cidade e eles se mudaram, e nunca mais tivemos notícia da galegona fogosa e insaciável, voraz e gulosa por PIMBÃO BEM GRANDÃO!!!

 
 

Olá, leitores do CHUMBO!!! eu sou de Jucati, de uma mundiça de 6 irmãs. Consideram-me   a ovelha negra da família por ser liberta(minhas irmãs tratam-me de pervertida, vadia ou mulher objeto), Meu nome é Taninha arrebitada, tenho 23 anos e quando estou viçando sou pior do que uma cachorra no CIO: dou pra quem quiser ou chegar primeiro. Sou capaz de enfiar uma estaca ou cabo de vassoura se não chegar ninguém logo para me saciar. Adoro boas parceiras(isso mesmo, mulher!!!). TENHO PAVOR A HOMEM!!! Resta saber se a dondoca que está comigo me agüenta ou tem competência para apagar meu fogo para eu baixar o facho.  Pois bem, vamos ao que interessa e tudo isso começou num acampamento de carnaval  passado, donde meus amigos resolveram acampar numa chácara na beira da pista, pertinho de Jupi e acabaram me chamando. NÃO GOSTEI MUITO DA IDÉIA(GOSTO É DE METER COM MULHER), POIS NÃO GOSTO MUITO DESSAS COISAS, MAS É SEMPRE BOM ESTAR COM AS AMIGAS. ENTÃO ME DEIXEI LEVAR PELA FARRA, PELA BAGUNÇA E ACEITEI IR. Organizamos tudo, compramos algumas barracas e colchões, chamei minhas melhores amigas, NENHUM AMIGO e fomos. Chegamos ao local já era umas 16:30 horas, montamos as barracas pois logo já viria  à noite, e o calor era de matar. Como eu estava sem COMPANHEIRA e minhas amigas estavam de namorados, fiquei sozinha em minha barraca. Logo depois que nos reunimos percebi que havia uma garota diferente em nosso grupo e fui conversar com ela, era prima do Fábio (uma amiga minha de uns 2 anos que mora lá na Boa vista em Garanhuns, mas eu não a conhecia). Seu nome era Penélope, tinha 19 anos, branquinha, dos cabelos pretos. Mais tarde, fomos nos arrumar para ir para desfilar no bloco Lá em Lajedo que tinha o nome de: EU ADORO PERERECA!!! Festamos e bebemos bastante, e durante a festa acabei ficando com uma garota na qual não conhecia coisa de festa. Não lembro o nome dela. Aliás, eu só gosto de decorar é o  tamanho e a profundidade da buceta de minhas parceiras).. Mas, era loira como eu, mais ou menos da minha altura, seios empinadinhos, uma bunda certinha e bem gostosa, com uma calça jeans apertada dividindo a bucetinha. Então nos distanciamos do movimento e fiquei com ela no meio do mato, COMECEI A CHUPÁ-LA TODA, DESABOTOEI SUA BLUSA E COMECEI A CHUPAR AQUELES LINDOS SEIOS, QUE ESTAVAM BEM PRA FRENTE, DEI UMAS MORDIDAS NOS BIQUINHOS QUE ESTAVAM BEM DURINHOS, ENQUANTO ISSO ELA JÁ HAVIA COLOCADO A MÃO DENTRO DA MINHA CALÇA E PEGAVA BEM FORTE EM MINHA BUNDINHA. NÃO AGÜENTEI POIS ESTAVA COM MUITA CURIOSIDADE DE SABER COMO ERA AQUELA BUCETINHA QUE ME PARECIA TÃO GOSTOSA. FUI TIRANDO SUA CALÇA E PARA MINHA SURPRESA E ALEGRIA ELA ESTAVA SEM CALCINHA. SUA BUCETINHA ERA LISINHA, JÁ ESTAVA TODA MOLHADA, E HAVIA TAMBÉM UMA PINTINHA QUE ME DEIXOU COM MAIS TESÃO AINDA. CHUPEI ELA TODA BEM GOSTOSO, E ELA SOUBE RETRIBUIR E GOZOU BASTANTE EM MINHA BOCA, ENQUANTO EU ME DELICIAVA DAQUELA LINDA BUCETINHA MELADINHA E MUITO GOSTOSA. Depois de gozarmos bastante resolvemos voltar para a festa. Voltando a festa encontrei Penélope, que me pediu abrigo, pois Fábio iria levar uma garota para dormir com ele e ela não queria atrapalhar. Então fomos embora, Penélope pegou suas coisas e veio para minha barraca. Ela estava bem gostosa, com um shortinho branco transparente que dava para ver perfeitamente sua calcinha bem pequena e vermelha, estava também com uma blusinha cinza e sem sutiã, pois dava para ver seus biquinhos bem gostosos. Ficamos conversando um pouco e ela me falou que havia me visto ficando com a Bruna, que ficou ali observando tudo num canto escuro. Fiquei muito sem graça porque não havia contado para ela que fico com meninas. Então ela virou para mim e perguntou se eu a deixava fazer tudo aquilo comigo, disse que sempre teve vontade mais nunca uma oportunidade. Como bebemos bastante naquele momento fiquei com muita vontade de fazer xixi e a chamei para ir comigo. Escolhi um cantinho longe do acampamento e pedi para ela tirar minha roupa já que ela tinha bastante vontade. Quando estava acabando de fazer meu xixi e estava enrolando o papel higiênico senti algo quente em minha bucetinha. ERA PENÉLOPE COM SUA LÍNGUA GOSTOSA PASSANDO EM MINHA XOXOTINHA, ELA NÃO AGÜENTOU E LIMPOU ALI MESMO COM SUA BOCA DE VELUDO ME CHUPANDO TODA. NÃO TINHA MUITA EXPERIÊNCIA MAIS TINHA O BASTANTE PARA ME DEIXAR ARREPIADA E BEM MOLHADA. AOS POUCOS ELA FOI COLOCANDO SUA LÍNGUA DENTRO DA MINHA RACHADINHA QUE ESTAVA BEM ÚMIDA, COM BASTANTE TESÃO E LOUCA PARA LAMBUZAR AQUELA LINDA BOCA DE PENÉLOPE. PEDI PARA QUE ELA CHUPASSE MEU CUZINHO E BEM DEVAGAR COLOCASSE UM DEDINHO ENQUANTO CHUPASSE MINHA BUCETINHA. QUANDO SENTI SUA LÍNGUA EM MEU RABINHO JÁ ESTAVA LOUCA E QUANDO SENTI AQUELE DEDINHO DENTRO DE MIM NÃO AGÜENTEI E GOZEI. NÃO CONTIVE MINHA VONTADE, FUI TIRANDO SEU SHORTINHO E SUA CALCINHA QUE JÁ ESTAVA BEM ENSOPADA E QUANDO VI AQUELA BUCETINHA RAPADINHA QUE CHEGA ESTAVA AZULZINHA, AÍ É QUE FIQUEI LOUCA. ERA BEM CARNUDA, BRANQUINHA, COM UM TUFINHO DE PÊLOS PRETOS MUITO BEM APARADOS NA PARTE DE CIMA. PELO QUE  REPAREI JÁ HAVIA GOZADO ENQUANTO ME CHUPAVA ENTÃO SERIA FÁCIL  FAZÊ-LA GOZAR NOVAMENTE E ME DELICIAR DO SEU MELZINHO. ENTÃO CAI DE BOCA NAQUELA XOXOTINHA GORDINHA E MOLHADINHA E FUI CHUPANDO BEM GOSTOSO, SUBI AOS POUCOS PELA SUA BARRIGUINHA BEIJANDO ELA TODA, COMECEI ENTÃO A CHUPAR SEUS SEIOS QUE ESTAVAM BEM DUROS, APROVEITEI E DEI UMAS MORDIDAS NAQUELES BIQUINHOS E CHUPEI SEU UBRE COM BASTANTE VONTADE. A CADA CHUPADA E MORDIDA ELA SOLTAVA UM GEMIDO MUITO GOSTOSO EM MEU OUVIDO ME FAZENDO DELIRAR, INDO AO OUTRO MUNDO DE TANTO GOZO. MORDI AQUELA LINDA PRIQUITINHA E CHUPEI SEM DÓ, PASSANDO MINHA LÍNGUA NAQUELE GRILINHO BEM GOSTOSO E QUANDO FIZ ISSO SENTI ALGO QUENTE DESCER PELA MINHA BOCA. ELA HAVIA GOZADO MUITO E PERCEBI QUE A DANADINHA ESTAVA BASTANTE EXCITADA E POR ISSO CONTINUEI EM UM RITMO FORTE FOI QUANDO ELA GOZOU NOVAMENTE E GEMEU TODA SE CONTORCENDO E BALBUCIANDO COISINHAS LINDÉRRIMAS DE SE OUVIR, ACABOU TENDO UM ORGASMO MÚLTIPLO E APROVEITEI CADA SEGUNDO. O sabor era muito gostoso, mais naquele momento alguém se aproximava. Então voltamos para a barraca e fomos dormir. Ficamos por ali mais dois dias antes de voltarmos cada uma para suas casas  e eu na nossa pacata cidadezinha de Jucati, donde tem umas dondocas que só pensam em porra de homem, não sabe que é na mulher que está o FILET MIGNON. Daí em diante, viramos belas amigas e depois disso nos encontramos mais vezes, que vou adorar contar para vocês somente na quarta-feira de cinzas...
 
 

O carnaval na praia do Francês em Marechal Deodoro, ali pertinho de Maceió, Alagoas,  é uma delícia para quem gosta de rolas e roçadas. Ano passado aproveitei os blocos desfilando nas rua e beira-mar para conhecer muitos paus, de muitas formas e de muitos lugares. Sempre ia para a rua com um SHORT TIPO DE FUTEBOL, SEM CUECA POR BAIXO, ASSIM ERA MAIS FÁCIL ESFREGAR MEU PAU NAS BUNDAS DOS MACHOS. Desfilei em um bloco por nome de ESSE GAROTO É PAU FIRME É PAU FIRME, ELE ADORA UMA PRAIA...  e certa vez  chovia um pouco e meu short ficava colado no corpo, estava parado tomando uma cerveja quando VI UM  LINDO GAROTINHO. Não devia ter mais de 20, era alto, levemente forte, branco e com lindos olhos verdes. Ele rindo era uma delícia, MAS QUANDO O VI  DE COSTA, MINHA PICA LOGO TREMEU E SE AGIGANTOU. ELE TINHA UMA BUNDA LINDA, REDONDINHA E DO TAMANHO IDEAL. QUANDO VI AQUELE MONUMENTO, PENSEI NA MINHA ROLONA ENTRANDO E SAINDO DAQUELE FURIQUINHO NA MEDIDA, METENDO ATÉ JORRAR MEU LEITE DENSO NAQUELA BUNDORRA. Com o alvo escolhido, resolvi começar a minha caçada. Logo que o bloco saiu, eu dei um jeito de ficar atrás daquela delícia, que depois descobri que se chamada Lipi. Com a música rolando, eu comecei a encostar meu pau naquela bundinha gostosa. Passava de leve, como se estivesse somente dançando. Quando eu menos esperava, a mão do garoto agarrou meu pau, com uma força que pensei que ele estava roçando em um hétero. Mas não precisei de muito para saber que ele estava gostando, com as mãos para trás ele começou a acariciar meu pau ali mesmo, no meio da avenida. Ainda por cima do calção, MINHA PICA FOI CRESCENDO NA MÃO DO MEU PIERROT. Como o movimento era muito grande, ninguém estava ligando para aquela punhetinha que ele começava a bater em mim. Minha pica foi se avolumando quando ele colocou a mão dentro do short e encontrou meu pau durinho, pronto para comer aquele cuzinho que ele arrebitava para mim. Saímos do meio da multidão e fomos para areia, como já era noite não tinha muita gente na praia. Ficamos perto do mar e ele começou a me chupar gostoso. ENGOLIA E EU METIA COM FORÇA NAQUELA BOCA ROSADA. ELE CHUPAVA TUDO, ATÉ AS BOLAS. Mas antes de gozar naquela boca, eu pedi para ele virar. Fiquei atrás dele, de frente para o mar, abaixei a bermuda dele e enfie minha piroca, de uma vez. Aquele cu engoliu meu pau de maneira mágica. Era apertadinho e com  certeza que não era dado para qualquer um. Comi ele devagar, não queria abrir as pregas daquele cuzinho tão milindroso. Só sei que, entrava e saia, sentindo cada pedacinho daquele reguinho abençoado. Eu sentia ele abrindo e se fechando para mim. Enquanto comia o garoto, ele batia uma punheta. E que lapa pica o filho da mãe tinha!!! Era linda, dava para ver que tinha mais de 22 cm de um pau braquinho. Comecei a comer ele com força, enquanto ele socava uma punheta. Avisei que iria gozar, ele se abaixou para frente, e seu cu ficou inteirinho aberto para eu meter até as bolas. ESVAZIEI A MAMADEIRA NAQUELA DELÍCIA DE BUNDA. Ele disse que queria gozar em mim. Eu não podia negar fogo para aquele ninfeto. Me ajoelhei na sua frente e chupei aqueles 22 centímetros e uma cabeça que parecia mais uma roleta de jegue. Só sei que enfiava tudo na boca, lambia aquela saborosa cabeçona  e ficava a ouvir os seus gemidos ensurdecedores. Sentia seu corpo se contorcer quando passava minha língua pelas bolas. Ele agarrou meus cabelos e me fez engolir toda aquela pica, foi uma delícia. Gozou na minha cara, aquela porra quente escorrendo pelo meu pescoço e o peito cabeludo. SUBI E DEI UM BEIJO, ABRACEI COM MEUS BRAÇOS FORTES E DISSE BAIXINHO, NO PÉ DO OUVIDO, QUE ELE ERA MEU PRESENTE DE CARNAVAL. ELE DISSE QUE NUNCA TINHAM COMIDO SEU CU TÃO BEM, E ENTÃO ME CONTOU SEU NOME: PRAZER EU SOU O LIPI, A GENTE SE ENCONTRA POR AÍ. Ele seguiu pela areia de volta para o bloco, foi embora seguro que tinha cumprido seu papel de dar e receber prazer. Era o corpo de um garoto, MAS COM A POSTURA DE UM GRANDE HOMEM... Apesar de eu ser um matutinho do Sitio do Imbé, lá da Miracica, esse ano de 2013, já catei mais de 50 sacos de castanha de caju, já vendi, já butei a bufunfa no bolso, vou botar a barraca nas costas e vou me  mandar para  Marechal  Deodoro comer aquele BUNDUDO DO LIPI de novo e dá também, claro!!! Isso é a maravilha que o carnaval nos proporciona, ser gilete, dá e comer...
 

UMA BICHA RESOLVE IR BRINCAR CARNAVAL DE SALÃO FANTASIADA DE PASSARINHO. NO MEIO DA FESTA APARECE UM FOLIÃO FANTASIADO DE CAÇADOR. VENDO O PASSARINHO (BICHA), APONTAR-LHE A ESPINGARDA DE BRINQUEDO E SIMULA UM TIRO. A BICHA FINGE DE MORTA DEITADA NO SALÃO SEM SE MOVER. O "CAÇADOR", APÓS VARIAS VOLTAS NO SALÃO, VENDO QUE A BICHA NÃO SE LEVANTAVA, CHEGOU NA MESMA E DISSE: - LEVANTE AÍ SUA BICHA, O TIRO FOI DE MENTIRA, TUDO É CARNAVAL!... AO QUE A BICHA RESPONDEU:  - NÃO QUERO SABER, LEI DA SELVA É LEI DA SELVA, MATOU TEM QUE COMER!!!



HOMENS COM PÊNIS PEQUENOS ESTÃO CONDENADOS À EXTINÇÃO...

 
 
 
 
 
 
 
 


AS MULHERES DEVERIAM ANDAR NUAS

Aconteceu em Maceió. Eu e minha mulher somos médios empresários em Garanhuns. Temos um bom nível e vivemos numa sociedade que apesar de ser uma cidade bonita e ter algumas modernidades, ainda tem um pensamento provinciano. Por isto em geral vamos à festa de swing e nos encontramos com casais de Maceió e Aracaju. Agora mesmo  em dezembro que passou, mas precisamente nestas vésperas de festas estávamos na capital alagoana. Sem nenhuma programação e nada cheirava a sexo. Minha mulher, ROSE é linda. Não é papo de homem apaixonado. Ela arrasa quarteirão. Pára o trânsito. Tem 1m70, corpo em dia com muita malhação, seios lindos e firmes como de uma adolescente - após a gravidez ela colocou um pouco de silicone para manter os mesmos com a firmeza dos 18 aninhos. Barriguinha levemente sarada, bum bum maravilhoso, empinado. Pele amorenada pelo Sol e um cabelo, atualmente preto, que lhe confere um visual vamp. Já foi loura, e fica linda também. Tenho 39 anos, ela 27. Nos conhecemos na antiga FAGA, no curso de Administração de Garanhuns,   e empreendemos muita coisa juntas. Somos um casal que não nos vemos separados. Temos cumplicidade. Ela sabe da única traição de minha parte e nos perdoamos. Praticamos swing, sexo em mesmo ambiente e realizamos 2 menages femininos e um menage masculino, temos a certeza na nossa relação e buscamos sempre prazer com respeito aos limites um do outro. Então, em Maceió, ROSE fez uma brincadeirinha. Resolveu se "FANTASIAR" de puta com pequenos sinais. Colocou uma tatuagem temporária de um ÁS DE ESPADAS, que significa que a mulher gosta de um "AMANTE NEGÃO" e colocou uma tornozeleirinha com uma pimentinha. Falei: "SE VOCÊ NÃO ESTIVER A FIM DE DAR, VAI TER PROBLEMA, VOCÊ TÁ VESTIDA DE OFERECIDA" Ela riu. E foi colocar o vestido. Apareceu com um micro vestido, com coxas lindas pulando marcando a bunda, que por pouco não parecia uma pala do rabinho. Saímos. Fomos a um quiosque na Praia da Pajuçara próximo ao nosso hotel. De cara um NEGÃO AMERICANO, na verdade 2, se aproximaram. Tudo pela tatuagem temporária, mas não rolou o clima e continuamos ali, vendo o visual. Comentei "ROSE, HOJE VOCÊ SÓ VAI ENCONTRAR NEGÃO QUERENDO VOCÊ COM ESTA TATUAGEM" E ela respondeu: "PRETO OU BRANCO, QUERO PICA GRANDE, VOCÊ DEIXA?!?!?!" Eu gaguejei, mas disse: "Claro. Claro." ROSE sempre gostou de pica grande. Temos brinquedinhos de mais de 25 cm. Minha pica mesmo tem 18 cm e relativamente grossa. E ela brincou que quer uma maior. Numa troca de casais que fizemos, ela conheceu uma pica maior, e se divertiu, e sempre brincava falando que pica grande é "BOOOOOOOM". Ficamos mais um tempo no quiosque na praia. Do nada vi um cara que tinha acabado de deixar a bike e estava pedindo uma água de coco, O cara olhava para minha mulher feito um louco. E minha mulher falou: "AMOR, TRAZ ESTE CARA PRA MIM..." Eu resolvi entrar na dela. Chamei o cara. O cara, estilão bad boy. Cabeça raspada. Malhado. Olhão azul. Talvez mais baixo do que eu, tenho 1m85, mas o cara era socado. Após o chamado, ele veio e sentou com a gente. O cara tinha um bom papo. E de cara fez a pergunta indiscreta "Esta tatuagem, você estão procurando algo?!?!?!". Gelei de constrangimento, me senti um corno excessivamente oferecido. Tentei desconversar, mas ROSE acabou tomando a iniciativa "SAÍ DE CASA PROCURANDO UM NEGÃO, MAS TÔ QUERENDO SER BEM PEGADA, VOCÊ TEM GRANDE?!?!?!". O cara riu e falou, para mim e para ela "TENHO TUDO DE UM CRIOULO, SÓ QUE SOU BRANCO." Rimos e eu pensava eu desconversava. Aí, ROSE manda: "Prova!!! Quero ver se você é o meu Ás de Ouros que substituirá o Ás de espadas". A essa altura, quando me toquei, estávamos no nosso quarto de hotel. Daí, ROSE falou: "BOTA PRA FORA!!!" e começou a procurar a pica dele, ao liberar, ela mostrou todo o seu lado de vadia, tarada e pervertida. Aquilo não era uma pica, nem em filme pornô a gente vê. Era um photoshop de pica de tão grande e grossa. ROSE abocanhou. E mordia a cabeça. Falava coisas desconexas. E mandava "ISTO É UMA PICA REALMENTE GRANDE" "ISTO É UM PICA MARAVILHOSAMENTE GRANDE" ERA FATO, A PICA ERA DESCOMUNAL. E perguntou, qual o tamanho desta pica?!?!?! Você fez cirurgia para aumentar?!!?!?!  O cara riu e desconversou. Minha mulher dizia, amor tira foto da pica dele. Para quem gosta de ver sua esposa trepando, então é uma loucura. É UM TREMENDO SONHO DE CONSUMO. Combinamos que eu apenas veria. Que minha curtição seria ver. Afinal, se existe algo da inveja do pênis, ali eu tinha. Um cara com aquele pau pode tudo. Por mais que digam que tamanho não faz diferença, sei que faz. Eu vejo na minha mulher quando uso os vibradores maiores. Minha mulher tentou phoder a pica de todos os jeitos. Tentou sentar. Foi metida de todas as formas. Nunca vi minha mulher urrar tanto. E eu pedi, mostra pra mim. Ele sacanamente tirava o pau e mostrava a buceta arregaçada. E então segurou minha mulher de 4 e comeu a fincar as mãos nos quadris e empurrar a pica até desparecer na bucetinha dela. Ela berrava, urrava de verdade, era muita dor, prazer e loucura, fazia mais “ZUADA” do que uma orquestra sinfônica... Por mais dores que sentisse, ela jogava seu corpo contra o dele querendo mesmo que entrasse tudo. Ela falava que tava batendo, que era uma loucura, e berrava, "EMPURRA. ESTOURA";  "ESTOURA, FILHO DA PUTA”; "COME COM RAIVA". Era uma verdadeira loucura, parecia um filme, mais esotérico que de sacanagem. Um urro e minha mulher praticamente desfalece. Ele se levanta e fala: (E o filho da puta, me vendo delirar, pede para mim...) "PREPARA O RABINHO DELA, PREPARA..." Pobre cuzinho. Pois bem,  depois de ter preparado o cuzinho, ele foi metendo de 4 na xoxotinha dela... E aí mandou uma "Aí, seja corno de verdade e chupa a bucetinha dela enquanto eu for meter neste rabinho..." E lá estava eu, tenho uma visão que nenhum filme pornô pode propiciar, super close numa pica branca enorme entrando na sua mulher, enquanto você chupa e baba a bucetinha. Ali vi mesmo que não era viado. Pois estar ao lado de uma pica daquela e não querer chupar é coisa de homem. Posso até gostar de ser corno, de ver uma pica enorme rasgando minha mulher, mas só peguei a pica do cara para encaixar numa saída do cu de minha mulher. Gostei. Cuspi no pau do cara e acertei no Cu. E o cara ao ver isto falou: "VALEU CARA, TRABALHO EM PARCERIA. NÃO É CORNO?!?!?! É SÓCIO..." E metia no cu da minha mulher que se retorcia, babava na minha boca com a boceta encharcada. Comecei a meter os dedinhos, quase fazendo uma DP, sentindo a pica do cara. Ah, peguei na pica do cara por dentro da bucetinha de minha gozadeira ROSE!!! Foi minha viadagem da noite. Bem, não foi um conto. Foi um relato. Entendam o prazer de ter sua mulher comida por uma pica enorme. Toda mulher merece. ROSE diz que pica tem que ser DURA E GROSSA. Mas se for grande, ela fica mais molhada, mais babada e adora as batidas que vai lá no útero controladamente. Como ela diz, "SÓ DOMINA UMA MULHER NA CABEÇA E NO CORPO O HOMEM QUE TEM PICA GRANDE. E O QUE TEM A PICA ENORME, DOMINA O MUNDO." E digo, nunca havia visto minha mulher ser dilacerada, e depois que a bucetinha dela estava incandescente de tanta pica enorme com camisinha, fui chupar, meti... e vi como ela estava mais larga, gozei na bucetinha dela... E ela, chamando o PICUDO, falou, vem meter que eu quero o teu gozo nos meus peitos. Então estava minha mulher punhetando, chupando, lambendo os “cunhão” enquanto eu chupava uma buceta gozada  com minha porra, vendo um cuzinho detonado. Que cena linda!!! É maravilhoso!!!. O cara ainda meteu a camisinha, deu mais umas estocadas no cu da minha mulher, dela berrar e se arreganhar toda.  Ele tirou a camisinha, mandou eu beijar o cuzinho dela, e beijava um cuzinho ferido, arrombado, pra fora e o cara gozando nos peitos da minha mulher... Ela me chamou e com a boca suja de pica me deu um beijo. Nos abraçamos com a porra do PICUDO sendo um creme entre nós. O PICUDO foi embora, pegamos telefone, vamos adicionar o cara no Facebook.  Um cara boa pinta, do bem, viajado, com este papo e com uma pica que nem em filme a gente encontra, eu quero montar uma agência de viagem, venha a Maceió,  conheça e traga sua esposa para conhecer o Obelisco da beira-mar. Mas antes de voltarmos, ainda visitaremos  O PICUDO DE ARACAJU. Divertido e bom pra esposa e bom para novos cornos. Pois pra ser corno num menage masculino, que seja com uma pica que você não pode ter. Sua esposa fica agradecida para sempre e o resto da vida...


 
   
   






























                                                

A GRAVIDEZ NO SÉCULO 21


As abelhas, as flores, uma sementinha, a cegonha, tudo isto já está fora de moda! Esta é a explicação mais moderna e tecnologicamente correta: Certo dia, um filho pergunta ao seu pai:

- PAI, COMO É QUE FOI QUE EU NASCI?!?!?!

- MUITO BEM MEU FILHO, CHEGOU O MOMENTO DE FALAR DISSO, POIS ENTÃO VOU EXPLICAR O QUE VOCÊ DEVE SABER:

Um dia, o papai e a mamãe entraram no Facebook, fizeram amizade e ficaram amigos. Depois o pai mandou um e-mail à mãe para se encontrarem num cybercafé. Descobrimos que tínhamos muitas coisas em comum e que nos entendíamos muito bem. Quando não estávamos à frente do laptop, conversávamos no chat do iPhone. Desta forma, fomo-nos conhecendo e nos apaixonamos, até que um belo dia decidimos partilhar os nossos arquivos. Entramos escondidos numa lanhouse e o papai introduziu o seu Pendrive na entrada USB da mamãe. Quando começou o download dos arquivos, nos demos conta de que tínhamos esquecido do software de segurança e que não tínhamos Firewall. Já era tarde demais para cancelar o download e impossível apagar os arquivos baixados. PASSADOS NOVE MESES APARECEU TU, O VÍRUS...
 

                           































                           


ESPOSA TESUDA,
MARIDO VIADO...


Chamo-me ROSE, moro em Garanhuns, uma boa cidade para vadiar, Casei aos 22 anos, o meu marido foi o único homem que conheci, a nossa vida sexual nunca foi muito intensa, o meu marido BUNDÃO contentava-se com relações estilo papai\mamãe uma vez por semana, sexo oral ou anal nem pensar!!! Fio terra, nunca!!! Chupada na língua daquelas de cair de costa, nem uma vez sequer!!! O seu interesse foi-se reduzindo, temos relações pouquíssimas vezes, para agravar a situação nestes últimos 2 anos a minha libido tem aumentado e me sinto uma verdadeira vadia de Mané Chéu, vingo-me visitando o BLOG CHUMBO GROSSO todos os sábados, atualmente masturbo-me de 4 a 5 vezes aos sábados, apreciando os “PAU-DURO” mostrado nas páginas do CHUMBO. Porém, o que mais me irrita é ver que ainda sou uma mulher muito bunduda, peituda e bucetuda e com lábios bem desenhados. Não é à toa que os olhares que atraio na rua convencem-me que tenho razão. A comemoração dos nossos 20 anos de casados ia despertar acontecimentos que mudariam radicalmente a nossa vida sexual, fomos jantar fora para ver se estimulava o BUNDÃO e conseguia uma boa noite de sexo. Comprei uma toilete completa para a ocasião: body roxo que me subia as avantajadas mamas, tornando-as ainda mais chamativas; fio dental da mesma cor; meias de liga rendadas; mini saia travada de seda branca bastante justa; blusa roxa de cetim aderente ao corpo, os primeiros botões desapertados davam uma excelente visão dos seios erguidos pelo body; por cima um coletinho branco, que ficou aberto para não estragar o efeito. A noite começou mal, além de não se mostrar particularmente animado com a minha toilete, o BUNDÃO  ainda criticou comentado que eu já não tinha idade para "SER TÃO EXIBIDA", não lhe respondi, mas fiquei furiosa, fomos de taxi para não termos problemas no regresso, na eventualidade de bebermos um pouco mais, tive a pequena satisfação do taxista que era o nosso conhecido CIÇO DO CAIXÃO me devorar com os olhos durante toda a viagem. O restaurante era lá no Vale das Graviolas  e o jantar foi agradável, o empregado que nos serviu não conseguia tirar os olhos do meu decote, notei-lhe um suspeito volume entre as pernas, o meu queridinho estava a leste, aquela atenção agradava-me e a minha xaninha estava a ficar úmida. Terminado o jantar passamos para o outro lado das mesas, onde havia um bar com suave música ambiente, quando chegamos reparei num homem moreno, alto e bem parecido, que nos mirava com atenção, o seu olhar parecia despir-me, a minha bucetinha formigou e os meus mamilos espetaram-se contra o tecido que os cobria, ele dirigia-se para nós -não posso acreditar, é o casal ROSE  e o BUNDÃO!!! Exclamou, parando em frente do meu marido, este estremeceu e olhou o recém chegado com um ar que me pareceu  atrapalhado. Não me digas que não reconheces um velho colega da universidade, reforçou o desconhecido enquanto me olhava de alto a baixo, com ar de apreciador, o BUNDÃO engoliu em seco -BODÃO, és mesmo tu?!?!?! não  estava te reconhecendo, logo após só sei que a conversa corria quase toda por sua conta, e o BODÃO continuava me comendo com àquele olhar penetrante,  o meu marido BUNDÃO respondia por monossílabos, as bebidas foram rodando, o meu maridinho estava a ficar um pouco grogue, eu própria estava já bem alta, pedi ao meu BUNDÃO para irmos dançar, mas ele desculpou-se -desculpa querida já estou com as pernas bambas... Daí,  o BODÃO ofereceu-se de imediato para dançar comigo –se  tu não te importares- disse para o meu marido -vão, vão- responde este, o BODÃO enlaçou-me pela cintura e conduziu-me para a pista, a sua mão roçava a base dos meus seios, senti-me estranhamente excitada, na pista puxou-me contra ele, as minhas mamas esmagavam-se contra o seu peito, sentia nitidamente a sua dureza contra as minhas coxas e, maliciosamente, saquei logo que ele tinha uma pica de jumento... Só sei que, os meus braços rodearam o pescoço daquele desconhecido, a sua mão foi deslizando da cintura para as minhas nádegas, apertou-as fortemente, os seus dedos cutucavam o meu reguinho através do fino tecido da saia, a outra mão acariciou-me a cara, depois o pescoço e finalmente os seus dedos circundavam suavemente as minhas mamas, ele sussurrava ao meu ouvido -és uma delícia ROSE, aquele brocha não é homem para ti, temos que remediar isso. Ao sentarmos, ele colocou uma mão na minha coxa e os dedos dele haviam alcançado a minha xana e estimulavam-na com movimentos circulares, eu gemia baixinho -oh, ohhh, por favor pare, por favor, BUNDÃO diz-lhe para parar, por favooorrr- o meu marido bebeu mais um trago e nada disse. Naquela ânsia ele falou: Vamos ali na casa de uma amiga, fica logo aqui, no entroncamento, na COHAB II, lá é legal.  O fulano chamou a mulher e disse que queria ir para àquela  "SALINHA ENTOCADA LÁ NOS FUNDOS", ela respondeu, ok!!! leva-nos Campari com gelo. Dito isto enlaçou-me pela cintura e levantou-me: anda querida, tu também BUNDÃO- naquela altura a bebida, a excitação e a curiosidade levaram a melhor, deixei-me levar, meu marido seguia-nos cambaleante, o BODÃO amparou-o pelo braço, assim que entramos na salinha o meu marido deixou-se cair num sofá, a dona da casa deixou a bebida e saiu, o BODÃO puxou-me para ele e sem mais conversa beijou-me longamente os lábios, as suas mãos apalpavam livremente as minhas nádegas e mamas -ah que riqueza, que rica fruta, vou te comer toda... O teu maridinho não passa dum brocha, o que ele gosta é disto: horrorizada vi o BODÃO pegar na mão do meu marido o colocá-la entre as pernas –gostas, não gostas?!?!?! O bicha do meu marido acariciava freneticamente o pauzão do ex-colega. Isso seu viado, isso seu corno manso, agora despe a tua mulher para ser phodida por um macho de verdade, viado, viado de merda...- em breve fiquei apenas com o body, o BODÃO com uma lapa de pau duro de dá gosto deitou-me em cima do sofá e começou a lamber a xaninha, simultaneamente forçou o corno a deitar-se no chão e enfiou-lhe o pau na boca: vá meu brocha chupa, vá sei que gostas, molha-o bem para entrar melhor no buraquinho da tua mulherzinha-. A ação da língua do meu amante, o contínuo amasso a que submetia as minhas tetas e a visão do meu maridinho a chupar a vara fez-me gozar como nunca tinha gozado na vida, durante longos minutos gritei e urrei de puro gozo -urhgggg, urhgggg, sim, simmmm, urhgggg,- o BODÃO não me deixou descansar, largou o corno e penetrou-me de um só golpe, começou a bombar brutalmente a minha xoxotinha, puxou o meu marido pelo cabelo, vá meu cabrão lambe os meus cunhão  como só tu sabes. O porquinho obedeceu e começou a estimular as bolas do outro, reparei que tinha o pau duro como eu nunca vira.  Quente como estava comecei rapidamente a gozar de novo, tive mais 2 ou 3 orgasmos antes do BODÃO me encher a buceta de porra -arghhhhh, urhgggg, urhggggg, toma puta, toma o meu leite, toma, toma, urhggggg.... De repente, não mais que de repente, num movimento súbito o meu marido ergueu-se e enterrou o pau no meu xico rasgado, foi maravilhoso, grunhi de puro prazer, ao mesmo tempo começou suplicar –mete BUNDÃO, fode-me, fode-me, quero o teu pau. O outro não se fez de  rogado, enrabou o viadinho de um só golpe, este berrou de dor mas não parou de bombar dentro de mim, foram minutos alucinantes, o BODÃO martelava furiosamente o cu do BUNDÃO, este com os impulsos sofridos enterrava-se profundamente no meu útero, e haja gozadas...  A essa altura, BODÃO falou: vá ROSE, faz o que te digo, a partir de agora és minha- a sua voz quente e a insuportável pressão nos mamilos fizeram-me ceder, abri a boca, enfiou-me o pau até á garganta e começou a meter e a tirar: vá putinha lambe, isso, vá tudo, tudo, urghhhhh- a minha língua foi obedecendo, até que recebi a primeira golfada de esperma da minha vida, mal ele retirou o pau vomitei abundantemente no chão, vestiu-se e pediu a nossa morada e telefones ao meu marido BUNDÃO, que lhes deu de imediato, retirou-se dizendo que tinha negócios a tratar no dia seguinte, mas que em breve daria notícias. Vestimo-nos em silêncio, pegamos um taxi e fomos para casa, quando lá chegamos pedi explicações ao marido sobre toda aquela cena, ele explicou-me que sempre se sentira atraído pelos dois sexos, mas mais pelos homens, que o BODÃO era  um picão na faculdade  usava-o sempre que lhe apetecia, depois do curso deixaram de se ver, mas nunca se sentira inteiramente satisfeito comigo e sabia que não conseguiria resistir ao ex-colega. Fomos dormir, fiquei acordada durante muito tempo, por um lado assustada e com vontade de me separar de imediato, por outro lado nunca gozara tanto e era tentador ver que novo mundo me traria a entrada do agora BODÃO DA ROSE na nossa vida...


       

































A MAIORIA DOS HOMENS ACREDITA QUE SABE TUDO SOBRE O ÓRGÃO FEMININO. NO ENTANTO, A MAIORIA DELES NÃO CONHECE A ANATOMIA E NÃO SABE COMO ESTIMULAR A MULHER PARA HAVER O CLÍMAX. AQUI, ESTÃO OITO COISAS QUE VOCÊ, PROVAVELMENTE, NÃO SABE SOBRE TAL ÓRGÃO. SÃO AS CHAMADAS OITO COISAS QUE VOCÊ NÃO SABE SOBRE VAGINAS. OU SEJA, OITO SEGREDOS DA VAGINA:


O ORGASMO É UMA EXCELENTE FORMA DE ALIVIAR A DOR: A maioria das mulheres – quando não está com vontade de fazer sexo -  dá a desculpa de não poder  porque está com dor de cabeça. Porém, o sexo é ótimo para aliviar a dor, uma vez que funciona tão bem quanto medicamentos que possuem a qualidade farmacêutica e são especializados em relação a essa problemática;


 NÃO É SOBRE O “PONTO G”: A maioria das pessoas dá o crédito para os orgasmos femininos para o “ponto g”. No entanto, o chamado “ponto a” pode ser eficaz para se chegar ao clímax. Tal ponto está localizado mais profundamente do que o “ponto g” (bem em frente ao colo do útero) e pode ser estimulado para a mulher sentir mais prazer. Pode ser também tateado com os dedos que você pode usar se está estimulando o “ponto g”. Lembre-se de que ao penetrar profundamente deve-se constatar de que há bastante lubrificação na mulher porque pode ser incômodo;


 VOCÊ É O QUE VOCÊ COME: A vagina tem um cheiro natural, porém não um odor forte. E, inclusive, odores exagerados podem ser indícios de uma infecção. Os alimentos tem a capacidade de influenciar no gosto e no odor que o órgão feminino poderá ter. A dica é: comer alimentos como o abacaxi – ou outros alimentos doces – para que ela possa ter um cheiro mais agradável. No entanto alguns vegetais como os aspargos e o repolho podem causar um efeito contrário ao esperado;


 A VAGINA PODE CAIR!!! O deslocamento da vagina ocorre quando o útero, ovários, tubos de falópio ou a vagina em si (isso pode ocorrer com uma combinação de todos esses elementos) movem-se para baixo do seu local original. Essa condição é comum em situações de histerectomias, no entanto, isso pode ocorrer sem a ocorrência de um evento anterior. Em casos severos, essa condição médica pode fazer com que tecidos anteriores apareçam na entrada da vagina;


 A EJACULAÇÃO FEMININA EXISTE!!! Além dos homens, as mulheres também podem ejacular várias quantias de fluídos durante o orgasmo.  Muitas mulheres são capazes de produzir uma quantidade considerável de tal líquido!!! Alguns céticos afirmam que esses fluídos são apenas urina. Contudo, estudos científicos comprovam que os dutos por onde saem a urina e a “ejaculação” feminina são distintos;


 A VAGINA PODE DOBRAR DE TAMANHO ENQUANTO A MULHER ESTÁ EXCITADA: O órgão feminino varia de mulher para mulher. Algumas são muito pequenas e possuem pequenos canais, enquanto outras são maiores. O tamanho é calculado em aproximadamente em 3-4 polegadas. Porém, durante a excitação, esse número pode se elevar ao dobro!!!


 FAZER SEXO MANTÉM A VAGINA SAUDÁVEL:   Como os outros músculos do corpo, a vagina precisa ser utilizada. Caso contrário, ela ficará fraca e vulnerável. Durante uma grande extensão de tempo de abstinência, especialmente quando a mulher entra na menopausa ou alcança idade avançada, os tecidos delicados ficarão finos e, poderão, futuramente, se quebrar. Sexo regular faz com que a vagina se mantenha em seu melhor estado.


SECREÇÕES DA VAGINA CONTÊM COMPONENTES ENCONTRADOS EM TUBARÕES: Através de análises microscópicas do líquido vaginal, cientistas descobriram que esse contém um componente que foi atualmente encontrado em tubarões, além de também ser encontrado em óleos vegetais.  E, ainda, pode ser usado como cosmético inclusive como creme hidratante para não deixar a pele oleosa.  Para órgão genital é excelente uma vez que deixa o tecido úmido e flexível.
































SAIBA TUDO SOBRE OS SEUS PEITOS(CONTADO POR UMA MULHER):

Todos nós temos peitos, uns mais, outros menos, uns naturais, outros comprados, mas sabemos poucas coisas sobre eles, e como uma paixão nacional, TANTO QUANTO A BUNDA, acho que eles merecem que nós saibamos mais sobre eles, até porque assim poderemos cuidar melhor deles. Os seios são sensíveis, NÃO TANTO QUANTO OS TESTÍCULOS, mas são uma das áreas mais sensíveis no organismo feminino, na TPM então eles ficam mais sensíveis ainda, pois neste ciclo é comum os seios incharem e ficarem doloridos, o sódio é um alimento que aumenta essa sensibilidade, portanto se você quer menos desconforto nos seios, evite alimentos que contenham sódio durante a TPM. Ao contrário do que muita gente pensa, a parte mais sensível dos seios não é o mamilo, e sim a circunferência de cima, os mamilos são sensíveis, mas durante o sexo eles tem mais o papel de demonstrar tesão do que receber informações. A pele dos mamilos pode descamar, assim como o restante de nossa pele, manter a pele hidratada, inclusive a do mamilo, e evitar tomar banhos muito quentes e tomar muito sol no local, ajuda para que isso não aconteça. Os peitos são os primeiros a entregar que você está ganhando ou perdendo peso. Os seios são em grande parte células de gordura, por isso é fácil notar a diferença de ganho ou perda de gordura através dos seios. Quanto mais rapidamente você perde peso maior a chance dos seus seios ficarem flácidos, é fácil reparar isso em pessoas que fizeram cirurgia de redução de estomago. A cirurgia estética mais comum no Brasil é a de aumento dos seios através de implante de silicone, também entra nesta conta a troca de silicone, que acontece periodicamente, dependendo da prótese, do organismo e da vontade da mulher em aumentar ou diminuir o implante. DORMIR DE BRUÇOS É A ÚNICA POSIÇÃO QUE PODE PREJUDICAR OS SEIOS, A PRESSÃO DO CORPO EM CIMA DAS PEITOLAS PODE CAUSAR INCHAÇO, FAZÊ-LOS FICAREM SENSÍVEIS E DOLORIDOS, ALÉM DE PREJUDICAR O CRESCIMENTO DOS MESMOS. Apesar de uma recente pesquisa que incentiva as mulheres a não usarem sutiã nunca. A maioria dos médicos indicam que as mulheres durmam sem sutiã, mas os use durante o dia, para ajudar a mantê-los firmes e protegê-los durante movimentos como correr, andar de moto e eventuais esbarrões. É comum mulheres terem estrias nos seios, principalmente aquelas que já são mães, como também é comum homens com excesso de pesos as terem, não há tratamento 100% eficaz na eliminação de estrias, mas prevenir que elas apareçam é bem simples, basta manter a pele hidratada. Óleos, hidratantes e vitaminas A e E são bem eficazes. Para evitar a flacidez nos peitos, assim como no corpo, o ideal é fazer exercícios, há 3 exercícios muito indicados para os seios, que são: Crucifixo Deitada, Flexão de Braços e Contração com as mãos. O câncer de mama é um dos mais comuns entre as mulheres, apesar de ser raro em mulheres com menos de 35 anos o auto exame é indicado periodicamente após a primeira menstruação, assim como a visita ao ginecologista ao menos uma vez a cada ano, onde o exame será feito também. Muitas mulheres e alguns homens tem nódulos benignos nos seios, que a primeira vista sempre causam preocupação por serem confundidos com câncer, esses nódulos, assim como os malignos (cancerígenos) são palpáveis, têm diferentes tamanhos, mas a forma é sempre a mesma: