sexta-feira, 1 de agosto de 2014

DILMA PILATOS, FOI LAVAR AS MÃOS NA ÁGUA IMUNDA DO TEMPLO DE SALOMÃO E VENDER, NÃO POMBAS, MAS VOTO!!!


Ontem seria a inauguração do Templo de 
Salomão, obra faraônica de 700 milhões 
de reais tirados dos otários pelo 
inescrupuloso Edir Macedo. Mas 
vejam que interessante: o templo está 
localizado em uma “Zona (êpa!) Especial 
de Interesse Especial”, o que obrigaria à 
Universal a disponibilizar 40% da área para 
moradias populares, caso ela “CONSTRUÍSSE” 
um imóvel, só que a obra foi registrada como 
uma “reforma” na planta de uma antiga 
fábrica que tinha 2.687 metros quadrados, que, como um milagre 
do Senhor, se transformaram nos 64.519 metros quadrados do templo! Com 
o alvará para reforma concedido pela prefeitura, a Igreja Universal 
conseguiu economizar nas contrapartidas exigidas e, só agora, depois de 
pronto o templo, é que o MP de São Paulo resolveu apurar “SUSPEITAS” 
de irregularidades na emissão desse alvará. Suspeitas... Isso é um escárnio! 
Como se já não fosse um escárnio a própria existência dessa Igreja 
Universal do Reino de Deus. O que faria Jesus se fosse vivo, depois de 
sabermos sua reação contra os que faziam de seu templo em Jerusalém um 
covil de salteadores, segundo os três testemunhos de Mateus, Marcos e Lucas? 
(Texto de Ricardo Froes).

Mateus 21
10 Ao entrar ele em Jerusalém, agitou-se a cidade toda e perguntava: Quem é este?
11 E as multidões respondiam: Este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galiléia.
12 Então Jesus entrou no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam, 
e derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas;
13 e disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; 
vós, porém, a fazeis covil de salteadores.

Marcos 11
15 Chegaram, pois, a Jerusalém. E entrando ele no templo, começou a expulsar 
os que ali vendiam e compravam; e derribou as mesas dos cambistas, e as 
cadeiras dos que vendiam pombas;
16 e não consentia que ninguém atravessasse o templo levando qualquer utensílio;
17 e ensinava, dizendo-lhes: Não está escrito: A minha casa será chamada 
casa de oração para todas as nações? Vós, porém, a tendes feito covil 
de salteadores.

Lucas 19
45 Então, entrando ele no templo, começou a expulsar os que ali vendiam,
46 dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa será casa de oração; vós, 
porém, a fizestes covil de salteadores.
47 E todos os dias ensinava no templo; mas os principais sacerdotes, 
os escribas, e os principais do povo procuravam matá-lo; 

AH, SIM, ONTEM, DILMA PILATOS, FOI LAVAR AS MÃOS NA ÁGUA IMUNDA 
DO TEMPLO DE SALOMÃO E VENDER, NÃO POMBAS, MAS VOTOS!!!


quinta-feira, 31 de julho de 2014

A VIOLÊNCIA FAZ PARTE DO DNA DO PT, A ESMOLA TAMBÉM...




REFLEXÕES SOBRE A VIOLÊNCIA E COMO ELA NÃO TEM COMO REDUZIR-SE SOB A GESTÃO DO PT.

Marcelo Tálamo


Até a era "pré" Bolsa Família, o governo possuia programas sociais que valorizavam a FAMÍLIA, principalmente objetivando a manutanção dos jovens nas escolas, essa sim uma medida por si só indutora de crescimento social e redução de diferenças, inclusive porque a não manutenção dos filhos nas escolas implicava na perda dos benefícios. Com o advento do Bolsa Família, os critérios para a distribuição foram fortemente distorcidos, NA ESTEIRA DE UMA UTILIZAÇÃO CADA VEZ MAIS POPULISTA E ELEITOREIRA DESSA FERRAMENTA, HAVENDO REGISTRO DE CACHORROS, GATOS E ATÉ MORTOS BENEFICIADOS POR ELA, SEM CONTAR GENTE QUE NÃO PRECISARIA JAMAIS DESSE AUXÍLIO, COMO VIMOS ATÉ MESMO POLÍTICOS E EMPRESARIOS RECEBENDO MENSALMENTE SUA AJUDA. Como resultado imediato da expansão desse programa sem qualquer base ou critério que não o populismo desenfreado, houve uma proliferação dos atendidos pelo Bolsa Família de forma mais rápida e descontrolada que as colônias de coelhos na Austrália, onde então milhões de brasileiros em plena idade produtiva que até então precisavam fazer algo para sobreviver e garantir recursos diariamente para se manter ---EMPREGANDO NESSA ATIVIDADE GRANDE PARTE DE SEU TEMPO, AINDA QUE EM ATIVIDADES COMO DIARISTAS OU SERVENTES DISSO OU DAQUILO--- passaram, ao dispor desse benefício, a abandonar os empregos formais ou informais, inclusive por medo de que qualquer atividade provocasse o cancelamento dos benefícios obtidos. Esse fato, embora não alardeado pelo governo, foi durante muito tempo discretamente comemorado, pois ao passar a receber o Bolsa Família as pessoas deixavam de engrossar as estatísticas de "PROCURANDO EMPREGO", o que contribuia para mascarar os índices de desemprego no País, como se estivéssemos gerando-os, e não atuando na outra ponta, desestimulando sua procura. No entanto, e até mesmo porque o ócio e a falta do que fazer são a oficina do diabo, ainda é inimaginável o impacto que representou a entrada desses milhões de jovens desocupados na faixa "DESOCUPADOS", visto que esses jovens quando não tinham tempo nem para respirar porque estavam tentando sobreviver obviamente não praticavam crimes, pois se não tinham tempo sequer para se organizar e planejar asneiras, quanto mais para executá-las. Com o Bolsa Família esse problema da subsistência acabou e milhões de jovens beneficiados passaram a ficar desocupados em casa, NO ÓCIO E NO TÉDIO, ONDE PARA MUITOS O CAMINHO FOI O DA CONTRAVENÇÃO, ASSALTO, TRÁFICO, VICIO, JOGO, ENFIM, COM TEMPO DE SOBRA PARA GASTAR E GERALMENTE PASSANDO A GASTAR MAL, POIS À EXCEÇÃO DE ROUBAR ALGO OU ALGUÉM, A MAIOR PARTE DAS DIVERSÕES ADULTAS DISPONÍVEIS ENVOLVEM GASTOS FINANCEIROS, ENQUANTO A CONTRAVENÇÃO RENDE DINHEIRO. Ao meu ver, essa "explosão" nos atendidos pelo Bolsa Família contribuiu muito para o aumento da violência, inclusive pelo sentimento geral de impunidade que grassa por aqui. Pois bem, a armadilha então é: Com a ampliação dos benefícios, mais e mais jovens deixarão de ter que fazer qualquer coisa para sobreviver -- o que lhes toma o tempo e energias--- e passarão a ter tempo para gastar em coisas geralmente erradas, visto que se envolver em atividades beneficientes, esportivas, beneméritas, de caridade ou voluntárias não são o forte dessa parcela da população. Isso na minha opinião vem sendo um dos indutores do crescimento da violência, apesar do aumento nos gastos com segurança, prisões e judiciário e esse crescimento tende a ser uma constante no dia a dia do país, pois qualquer um que sequer ouse ameaçar mudar o bolsa família será excluído da vida pública sem perdão. Hoje, já somos o país mais violento do mundo em quantidade nominal de mortos, cerca de 50.000 para um total de 450.000 homicídios em todo o mundo, o que nos dá um pouco mais de 11% DO "BOLO" e à exceção de alguns estados onde o desenvolvimento consegue ser anormalmente superior ao da média do país e coopta essa população, no restante só se vê aumentarem os níveis de violência, com casos cada vez mais graves, grotescos e crueis, que deixam as autoridades perplexas, impotentes e fazem a alegria dos jornais e sites sensacionalistas. E então vem a pergunta: Como fica??? A resposta é: Não fica, pois ao contrário das colônias de coelhos na Austrália que ameaçavam destruir a agricultura do país, não há como erradicar essa parcela da população dessa situação sem cortar o bolsa família ou condicionar o mesmo à comprovação de trabalho ou estudo (quando então ele se tornaria efetivamente um benefício complementador de renda) e não existe hoje uma força política que ouse defender a troca dos sistemas assistencialistas por programas de assistência, que apesar de terem nomes parecidos não tem nada à ver um com o outro. ASSISTÊNCIA é AUXILIAR alguém a ser algo, crescer, amadurecer, tomar corpo e estruturá-lo até que consiga andar por suas próprias pernas. ASSISTENCIALISMO É A REGULAMENTAÇÃO DA ESMOLA, AQUELE "PINGO" QUE NÃO DEIXA MORRER MAS NÃO PERMITE À PESSOA QUALQUER VÔO MAIOR E A RELEGA À UMA DEPENDÊNCIA QUE MUITAS VEZES DURA A VIDA INTEIRA, A QUAL É VIVIDA SEM ESPERANÇAS DE SE SAIR DA SITUAÇÃO DE SUJEIÇÃO E CATIVEIRO FINANCEIRO, O QUE TRADUZ-SE MUITO CLARAMENTE EM UMA ESPÉCIE DE CURRAL ELEITORAL, POIS O DEPENDENTE JULGA QUE NÃO TEM OUTRA OPÇÃO QUE NÃO A DE VOTAR PARA PERPETUAR NO PODER QUEM ACREDITA QUE O SUSTENTA, VISTO NÃO SER CAPAZ DE FAZÊ-LO POR SI SÓ. Em suma, mais e mais jovens em idade produtiva se autodenominam hoje "VASP" (VAGABUNDOS ANONIMOS SUSTENTADOS PELOS PAIS) e saciam seu desejo (natural, diga-se de passagem) por bens de consumo que estão fora de seu alcance com pequenos furtos, roubos e outras atividades ilícitas que tendem a se transformarem em homicidios e sequestros à medida que o sucesso nos pequenos furtos e a sensação de impunidade, aliado à vontade de obter cada vez mais bens materiais leva essas pessoas a uma escalada no nível das contravenções. E a pergunta que não quer calar fica para os candidatos: QUEM desmontará essa armadilha? ATÉ QUANDO FICAREMOS COLOCANDO CADA VEZ MAIS JOVENS EM PLENA IDADE PRODUTIVA NO ÓCIO E TÉDIO NAS RUAS PARA FAZEREM BESTEIRA? Até onde vão aumentar os índices de criminalidade antes que alguém associe o Bolsa Família a eles e resolva fazer algo a respeito?

PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - QUALQUER IDIOTA SABE MUITO BEM QUE, O ÚNICO CAMINHO PARA O CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DO PAÍS É O TRABALHO E/OU EDUCAÇÃO. O PT HÁ 12 ANOS INVESTE NO ÓCIO DO BOLSA ESMOLA, O CAMINHO INVERSO PARA O CRESCIMENTO DO BRASIL. A CABEÇA DOENTE COM AS IDEIAS COMPROVADAMENTE FALIDAS DO SOCIALISMO VENEZUELANO E COMUNISMO CUBANO, JUNTADO À INCOMPETÊNCIA DA CUMPANHÊRADA DESPREPARADA E SEM QUALIFICAÇÃO NENHUMA PARA GERIR UM PAÍS, TROUXE O BRASIL ATÉ AQUI NESSA DERROCADA DESGOVERNADA E IRRESPONSÁVEL POR ESSE SINDICATO DE BANDIDOS BARBUDOS QUE FAZ APOLOGIA À IGNORÂNCIA, ENDEUSANDO POLÍTICOS SAFADOS DO MARANHÃO À ALAGOAS, MAQUIANDO A ECONOMIA, FORJANDO PESQUISAS DA POLÍTICA ECONÔMICA, MONTANDO DOSSIÊS CRIMINOSOS E  USANDO SEM PUDOR A FRAGILIDADE DO POVO CARENTE PARA SE MANTER NO PODER E, VERGONHOSAMENTE, ESSES BANDIDOS MENSALEIROS,  SE ORGULHAM DE AMONTOAR CARENTES NO BOLSA ESMOLA, MESMO COM A EVIDÊNCIA DE QUE OS MILHÕES DE COITADOS JÁ AMARRADOS NESSE CABRESTO CONTINUAM MISERÁVEIS, SEM NUNCA TER SAÍDO DA POBREZA. O BOLSA ESMOLA É O LIMITE ENTRE A POBREZA E A FOME QUE SERÁ ETERNIZADA ATÉ QUANDO DEUS DER BOM TEMPO. TEM MUITA GENTE ENDOSSANDO UMA MENTIRA!!! AS POLÍTICAS SOCIAIS DO PT NÃO SÃO SUSTENTÁVEIS, TÊM CARÁTER ELEITOREIRO, CRIAM DEPENDÊNCIA VARIADAS, SÃO ESMOLAS QUE COMPRAM VOTOS. E O QUE É PIOR: O BOLSA ESMOLA NÃO É UMA POLÍTICA DE ESTADO; É UMA POLÍTICA DO LULA; UMA POLÍTICA DO PT.


quarta-feira, 30 de julho de 2014

O PT E O EXEMPLO DO ATEU VOLTAIRE




Por Carlos Chagas


Voltaire viveu até os 84 anos, dedicando sua vida a tentar esmagar a Igreja, que aliás, em boa parte, merecia. Apesar de em criança ter sido aluno dos jesuítas, que sempre reverenciou apesar das discordâncias, ele formou entre os iluministas que negavam a existência de Deus. PELO MENOS DO DEUS BARBUDO, IMPLACÁVEL, QUE MANDAVA A MAIOR PARTE DA HUMANIDADE PARA O INFERNO, MENOS OS QUE PAGAVAM CARÍSSIMAS INDULGÊNCIAS. Às portas da morte, no entanto, mandou chamar um padre para confessar-se e receber a extrema unção. Seus amigos não entenderam nada e, mesmo agonizante, ele foi cobrado: que história era aquela, renegando toda uma vida de lutas? Sem perder a malícia, ele declarou que continuava não acreditando em outra existência, mas explicou não desejar correr riscos. SE POR HIPÓTESE A IGREJA ESTIVESSE CERTA, ESTAVA GARANTINDO O PARAÍSO… Com todo o respeito e guardadas as proporções, pode estar acontecendo coisa parecida com o PT. Apesar da queda nos percentuais das pesquisas eleitorais, tudo indica que Dilma Rousseff será reeleita, mas se não for, como ficarão os companheiros? Mais ou menos como Voltaire imaginou sua presença diante do Padre Eterno, se Ele existisse… Sendo assim, o PT toma suas precauções. A PRIMEIRA SERÁ EVITAR QUE DILMA OU QUALQUER OUTRO DE SEUS CANDIDATOS A OUTRAS FUNÇÕES VENHA A FAZER DAS ELEIÇÕES DE OUTUBRO UMA GUERRA SEM POSSIBILIDADES DE ARMISTÍCIO OU RENDIÇÃO INCONDICIONAL. O PARTIDO ATACARÁ AÉCIO, OS TUCANOS E SEUS ALIADOS, MAS TENDO PRESENTE HAVER UM LIMITE PARA TUDO. NADA DE VIOLÊNCIA DESMEDIDA, DE ACUSAÇÕES PESSOAIS IMPOSSÍVEIS DE SER ESQUECIDAS, DE MASSACRES SEM RETORNO. Guerra é guerra, munição existe para ser utilizada, ainda que sem destruir o adversário e sua família. Por isso a estratégia de campanha sugerida pelo marqueteiro João Santana é de a candidata falar mais das realizações do governo petista e dos planos e programas para o próximo mandato. Menos dos governos do PSDB e de seus erros ideológicos. Levar a campanha para o futuro dará mais dividendos do que ficar amaldiçoando o adversário. Até porque uma postura assim obrigará o adversário a comportamento igual. Resta saber se Dilma aceitará o conselho. Ela costuma explodir sem dar sinais, não resiste a provocações. Estando em jogo o seu futuro, porém, pensará duas vezes antes de precipitar-se. PARA O PT, FICA O EXEMPLO DE VOLTAIRE: A VITÓRIA PARECE PROVÁVEL, MAS SE A DERROTA PASSAR POR PERTO, MELHOR PREPARAR-SE PARA ELA, COMO GARANTIA…

DILMA VAI AUMENTAR A LUZ




Conta de luz pode ter alta de até 30% em 2015, estimam consultorias


Fábio AmatoDo G1, em Brasília
 
As contas de luz podem ficar até 30% mais caras, em média, no próximo ano. A estimativa foi feita por consultorias e representantes do setor elétrico a pedido do G1: entre quatro consultados, as estimativas variaram de 20% a 30% de reajuste em 2015. A alta deve ocorrer dois anos após as medidas do governo para reduzir em cerca de 20% a fatura“A GENTE NÃO ESCAPA DE UM AUMENTO MÉDIO DE 30% NO ANO QUE VEM Para os clientes de algumas distribuidoras, pode ser MAIS. Para os de outras, MENOS”, afirma Walfrido Avila, presidente da comercializadora independente de energia Trade Energy.
Plano de socorro a distribuidoras de energia - até julho de 2014 (VALE ESTE) (Foto: G1)
A sócia-diretora da consultoria PSR, especializada em energia elétrica e gás, Priscila Lino, estima alta semelhante, de 28%, em média, em 2015.
O aumento é superior ao de reajustes autorizados neste ano pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para a tarifa de algumas distribuidoras, entre elas a Celpe(17,75%), a Eletropaulo (18,66%) e a Copel(24,86%), e que já haviam chamado a atenção por serem elevados.
A alta, no entanto, não é a mesma para todos os consumidores – ela varia entre as distribuidoras. E vai depender de uma série de fatores – alguns poucos previsíveis –, como a quantidade de chuvas nos próximos meses (para recuperar os reservatórios das usinas), além dos gastos passados das distribuidoras com a compra de energia térmica e no mercado à vista, investimentos e ganho de produtividade.
ORIGEM DA ALTA:
A falta de chuvas é uma das principais responsáveis pela elevação da tarifa esperada a partir do ano que vem. Por causa da redução dos níveis dos reservatórios das hidrelétricas, as distribuidoras tiveram de comprar energia das usinas térmicas, que é mais cara porque elas são movidas a combustíveis, como óleo, gás e biomassa.

Em geral, as distribuidoras compram energia das hidrelétricas em leilões mediados pelo governo. As empresas que não conseguiram neles toda a energia que precisavam tiveram de recorrer ao mercado à vista, no qual a venda é feita diretamente pelas geradoras, e o preço chegou a patamar recorde.
Segundo as regras do setor, tanto o custo extra com as térmicas quanto com a compra de energia no mercado à vista deveriam ser pagos pelas distribuidoras nesse primeiro momento. Depois, elas seriam compensadas por meio de reajustes que acontecem todos os anos. Mas as empresas alegaram não ter recursos suficientes, e o governo lançou um plano de socorro.
Ele se comprometeu a colocar R$ 13 bilhões no setor elétrico neste ano com recursos orçamentários, e já admite que o total de empréstimos bancários às empresas pode chegar a R$ 17,7 bilhões. Este valor para socorrer as distribuidoras será repassado às contas de luz de todos os brasileiros a partir de 2015.
CONTAS:
A estimativa de reajuste em 2015 de Priscila Lino, da PSR, considera inflação de 6% no período e o início da transferência, para os consumidores, dos empréstimos bancários.

De acordo com ela, também entraram na conta a previsão de aumento de custos com nova compra de energia pelas distribuidoras (para substituir contratos que vencem neste ano), o pagamento de encargos do serviço de transmissão de energia, além do aumento esperado na participação dos consumidores no financiamento da CDE, fundo do governo que banca ações no setor elétrico.

Os 28% de aumento consideram ainda uma medida que ajuda a puxar o reajuste médio para baixo: a transferência que o governo fará para as distribuidoras, em forma de cotas, da energia de hidrelétricas cujas concessões vencem em 2015. Serão cerca de 5 mil megawatts (MW) que poderão ser fornecidos a preços bem menores.
PLANEJAMENTO:
Avila, da Trade Energy, estima que já chegam a R$ 64 bilhões os custos extras no setor elétrico, resultado da crise provocada pela queda no nível dos reservatórios das hidrelétricas desde o final de 2012. Se todo esse valor fosse repassado no ano que vem, o reajuste poderia ser maior. Mas a fatura deve ser dividida pelos próximos 4 anos.

Para ele, o governo vem gerenciando bem o problema no setor, já que o Brasil só não enfrentou um racionamento, como em 2001, porque o parque nacional de termelétricas hoje é muito maior e consegue suprir boa parte da energia que as hidrelétricas deixam de produzir quando chove pouco.

Segundo ele, porém, é preciso planejar melhor o setor. “Precisamos garantir combustível mais barato para as nossas termelétricas. Se isso já tivesse sido feito, essa conta que vamos ter que pagar não seria tão alta”, diz.
Energia gerada nas usinas térmicas é mais cara (Foto: Reprodução/Jornal Nacional)Energia gerada nas usinas térmicas é mais cara (Foto: Reprodução/Jornal Nacional)


Avila ressalta que esse planejamento será ainda mais importante nos próximos anos, pois o modelo energético brasileiro prevê a dependência cada vez maior de usinas termelétricas. Isso se deve à decisão do governo de evitar a construção de hidrelétricas com grandes reservatórios, que provocam enorme impacto ambiental. Sem represas, porém, essas usinas não têm como armazenar energia na forma de água e não produzem nos períodos secos.
ALTA PODERÁ SER MAIOR: 
Nas contas do Instituto Acende Brasil, que estuda o setor elétrico, a ação do governo para diluir e adiar o repasse aos consumidores dos custos extras do setor elétrico evitou que as contas de luz subissem 43% já neste ano.

INCERTEZAS
“[A estimativa de 43% para reajuste em 2014] é um número chocante que justifica esse empenho do governo em diluir a conta pelos próximos anos”, diz o presidente do instituto, Claudio Sales. De acordo com ele, a alta média na tarifa de energia neste ano deve ser de 15%. Algumas distribuidoras, porém, tiveram aumentos maiores autorizados pela Aneel.

O Acende Brasil calcula que apenas o repasse do empréstimo bancário para socorrer as distribuidoras, que pode atingir R$ 17,7 bilhões, e da ajuda de R$ 10,6 bilhões dada pelo governo em 2013, via Tesouro, devem gerar um impacto, em média, de 11% nas contas de luz, diluídos ao longo dos próximos 3 anos.

Esse impacto, porém, sobe para 15%, também dividido em 3 anos, caso o governo não consiga repassar às distribuidoras os 5 mil MW de energia mais barata das hidrelétricas cujas concessões estão vencendo. Além de atrasos no processo, há expectativa de que pelo menos algumas das empresas recorram para ter a concessão renovada.

Analista do setor de energia na consultoria Tendências, Walter De Vitto aponta para aumentos médios de 20% nas contas de luz em 2015, variando até 25%. Ele afirma que há várias incertezas hoje no setor que dificultam uma previsão mais certeira para os reajustes.
Entre elas está a variação do dólar, que afeta parte do preço da energia consumida no país. Também não há como prever como serão as chuvas no próximo verão, que podem ou não recuperar o armazenamento de água nos principais reservatórios do país e vão ser decisivas para definir como as usinas termelétricas serão usadas ao longo de 2015.
RESPOSTA DO GOVERNO
G1 procurou o Ministério de Minas e Energia que informou, por meio de sua assessoria, que “desconhece os estudos e não sabe quais premissas foram utilizadas” para se chegar às estimativas de alta na conta de luz. Informou ainda que “quem pode falar sobre tarifa é a Aneel”.
Procurada pelo G1, a Aneel afirmou que, diante da quantidade de variáveis presentes nos processos tarifários (reajustes e revisões), é prematuro fazer projeções de valores para 2015. E ressalta que, como cada distribuidora tem suas datas de movimentação tarifária vinculadas à assinatura do seu contrato de concessão, os próximos repasses acontecerão segundo o calendário disponível na página da agência  e por meio de aplicação da metodologia e das condições vigentes nessas datas.
Nesta terça-feira (29), no entanto, o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, disse que o novo empréstimo às distribuidoras deve impactar as contas de luz em oito pontos percentuais a partir do próximo ano. Não se sabe, no entanto, qual será o valor final dos reajustes, devido às muitas outras variáveis que fazem parte do processo de cálculo.

PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - NÓS AVISAMOS!!! NÓS AVISAMOS!!! 

terça-feira, 29 de julho de 2014

SAI DA FRENTE PORRA, VACA, CARALHO!!!




NESSE TRÂNSITO LOUCO DO BRASIL, SE O MOTORISTA RUIM (MAUtorista) É MAL EDUCADO,  CORRE MUITO E FAZ ULTRAPASSAGEM ERRADA, SE LASCA E, PRECOCEMENTE DANA-SE PRO INFERNO. JÁ OS POLÍTICOS DO PT QUE ASSUMIRAM O PODER EM  2003, ROUBAM EM ALTA VELOCIDADE E NÃO CORREM NENHUM RISCO DE ACIDENTE.


Tânia Fusco


Se cordialidade e gentileza forem medidas no trânsito, danou-se. Montou num carro, pegou o volante, ganhou permissão para liberar agressividade. Piloto do asfalto, sem distinção de sexo, é macho audaz e, principalmente, muito egoísta, impaciente e mal educado. Nas autopistas dá tudo, vem que vem, disparado e costurando, nunca a menos de 100. E ai dos mortais que vão a 80. Ameaçador, o pilotaço vem babando na sua cola até frear a meio milímetro de sua amedrontada lataria. Acende farol, buzina e acelera. Tudo ao mesmo tempo. É o grito de guerra: sai da frente! Ases do volante têm muita pressa. Como estão sempre mirando a pole position, seta do adversário para mudar de pista, entrar à direita ou à esquerda, é ofensa pessoal. Com cara de pitbull, mete o pé no acelerador e cola no carro da frente. Não deixa dúvida: aqui não, alemão. Na minha frente, nem pensar! OS PIORES SÃO OS EMPODERADOS CONDUTORES DAS MÁQUINAS GRANDES, ALTAS, PNEUZÃO E VIDROS NEGROS. ESSES SE ACHAM. TÊM CERTEZA QUE AQUELE CARRÃO EXPLICITA AO MUNDO O TAMANHO E A POTÊNCIA DA SUA, DIGAMOS, VIRILIDADE. (EU ACHO QUE É JUSTAMENTE O CONTRÁRIO. MAS PODE SER IMPLICÂNCIA MINHA.) Olhando o mundo de cima, esses (ou essas) só aceitam pista livre para sua rápida navegação. Obedecer a indicações de velocidade – 60, 70, 80,100 – é coisa de otário. Deixa de ser sem noção! Essa velocidade é para ser respeitada só ali no pedacinho que tem a câmera de vigilância – chamada pardal, em Brasília. Passou dali é pé na tábua, ô idiota! E o carrão dele quer passar por cima do seu legalista (e imbecil, claro) que cumpre a lei. QUANDO ELE ULTRAPASSA, RONCA O MOTOR E, RABEANDO, DISPARA O CARRO E A BOCA: VÁ SE FU...! Nesse autorama nada virtual é também expressamente proibido ousar reduzir a velocidade por alguma incerteza sobre endereço ou direção a tomar... Para explicitar seu ódio mortal por aquela falha de caráter do condutor em dúvida, o pilotão enfia a mão na buzina, abre o vidro e urra. SE FOR MULHER, É VACA! VADIA! FILHA DA ...! e o que mais couber naquele instante gasto para lhe ultrapassar. Sendo homem, ele/ela fica mais contido. Só rosna. É BRAVO, MAS NÃO É BURRO. TAMBÉM UM POUCO COVARDE. VAI QUE O INDECISO É MAIS FORTE, MAIS VIOLENTO? Mesmo tratamento é dispensado aos motoqueiros e bicicleteiros – malucos que, no entender do piloto de asfalto, são grande ameaça à integridade física de suas máquinas. “Se eu mato um desses, além do prejuízo, ainda vou ter de me explicar na Justiça...” Quem já não ouviu isso? Analista de botequim, eu entendia essa cotidiana agressividade no trânsito de Brasília como um dos efeitos colaterais da proximidade com o poder, que – pequeno ou grande - é sempre disputado com violência e o tempo inteiro tem-se de estar atento, alerta e esperto para não ser atropelado por outro poder, ou outro mais poderoso. Melhor fechar o corpo, não dar espaço e atropelar primeiro. (Sobreviver nessa seara não é mole, nem fácil). Trocando ideias com motoristas de outras praças, fui convencida: é geral. Brasil afora, o trânsito espelha a agressividade e a má educação reinantes. Gentileza e cordialidade são bobeiras, sinais de irremediável otarice. Caíram em desuso. (As manchetes e a imagem não fazem parte do texto original)

O CINEASTA ARNALDO JABOR FAZ UMA VIAGEM NO PLANETA DA “ÇEITA” DA ESTRELINHA VERMELHA...



  
MEMÓRIAS DE FUTURO

Arnaldo Jabor

Estou na clínica especial do Nada aqui neste ano remoto do futuro. Futuro de quê? Futuro de um futuro que o Brasil esperava há vários séculos. Essas clínicas são chamadas hoje de 'zonas de esquecimento'; viraram 'hype' há mais de um século e hoje abundam. Os sujeitos entram para perder todos os sentidos. Fica apenas a memória que, aos poucos, sem ajuda do tato, gosto, cheiro, visão, e audição, vai se transformando numa leve fonte de murmúrios, em lapsos de visões, em tênue brilho de lembranças e, depois, o silêncio do nada. Muitas clínicas são arapucas e as mais baratas apenas jogam os pacientes numas salas vazias e deixam-nos na mistura de restos de comida e excrementos. Ninguém reclama. Mas, eu vivo na melhor: "Le Néant", que as famílias visitam para verificar o tratamento - é impecável no trato dos corpos sorridentes, murchos e mudos. Hoje, inexplicavelmente, me encontro na rua com sol batendo em meus olhos e volta a mim uma enxurrada de memórias que eu sempre evitara. COMO SAÍ? EM QUE ANO ESTOU? MINHA LEMBRANÇA MAIS ANTIGA JAZ NO DESERTO, QUANDO O CALIFADO ISLÂMICO TOMOU CONTA DO ORIENTE MÉDIO, CHEGANDO ATÉ AS BORDAS DE ISRAEL-PALESTINA, JÁ CONSIDERADA 'ÁREA INSOLÚVEL' E QUE VIROU PARQUE TEMÁTICO. Muitas terras viraram temáticas também: a desolação de Nueva Iork, depois das nuvens de 'antrax' na Broadway, o Buraco Iraque, depois da bomba do ex-Paquistão - hoje Talibânia - e o deserto de Tokyorama, província da China... Mas, vou me ater às memórias do Brasil. Sei que há muitos anos o futuro do País se delineou. Foi logo depois da reeleição de uma mulher... Esqueço-lhe o nome... Sei que, depois, o famoso Lula sucedeu-a em 2018, continuando em 2022, criando uma dinastia de si mesmo, reeleito em vários mandatos, até 2034, quando ele já não falava mais e tinha sido mumificado num carro móvel de vidro que desfilava entre a multidão de fiéis ajoelhados. A maioria do povo semianalfabeto celebrava a realização do projeto do seu partido, uma espécie de populismo pós-moderno (como chamavam) feito de pedaços de getulismo, chavismo e outras religiões. Quando se iniciou a decomposição, seu corpo foi entronizado no Museu Bolívar, um palácio de mármore vermelho desenhado por Oscar Niemeyer, tendo como curador Gilberto Carvalho, 108. Nesta época, o velho Brasil tinha renascido, como rabo de lagarto. Voltara a correção monetária sob uma inflação de 2.200%, um flashback do período Collor, agora representado por seu neto na grande aliança ainda presidida por Sarney, 117, que visava a unir partidos no programa nacional de "decrescimento", já que a democracia se revelara um antigo sonho grego impossível. TODO O PROJETO DO 'LULISMO' TINHA DADO FRUTOS, DEPOIS DE TANTOS ANOS NO PODER. "PODRES PODERES!" - ROSNAVAM ALGUNS POUCOS INIMIGOS, URUBUS COMPLEXADOS. TINHA-SE ATINGIDO O SONHO GLORIOSO DE SOCIALISMO 'PURO', ONDE SÓ HAVIA O ESTADO SEM SOCIEDADE EM VOLTA. ERA ASSIM. O MST TINHA FINALMENTE DESMONTADO A MALDITA AGROINDÚSTRIA, AS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO VIRARAM UMA DATA POPULAR, COMO FESTAS JUNINAS ANIMADAS POR 'BLACK BLOCS', CONSIDERADOS AGORA 'GUARDA REVOLUCIONÁRIA'; A IMPRENSA TINHA ACABADO, GRAÇAS À PROIBIÇÃO DE PAPEL, ENQUANTO EX-JORNALISTAS GRITAVAM NAS RUAS E DISTRIBUÍAM PANFLETOS MIMEOGRAFADOS. Foi nessa fase que houve o Segundo Crash da Bolsa de Nueva Iork, entre nuvens de suicidas e filas de desempregados. Aqui, foi uma surpresa. O Brasil quebrou e nada aconteceu. Houve, claro, legiões de famintos atacando os supermercados, mas logo ficou claro que a miséria é autorregulável. Muito simples: a fome diminui a população, dado benéfico para a incrível falta de comida, provocada pela decisão do governo de jamais cortar gastos fiscais. Nossos aviões e navios passaram a ser confiscados regularmente pelos países do Império Neoliberal, o que foi bom para desonerar gastos de manutenção. Foi então que se começou a falar em um novo lema: "Ordem sem Progresso", no seio de um novo movimento de salvação nacional: o "Recua Brasil!". Entendêramos, finalmente, que o Brasil é um 'ACOCHAMBRAMENTO' secular e que isso não é um defeito, é nossa grandeza fabricada por séculos de escravismo, de burocracia e de corrupção endêmica. A nova 'república' proclamava: 'Vamos assumir nosso atraso, chega de progresso!'. Foi outro grande alívio o fim da angústia de progresso que oprimia os brasileiros: a Paz é a desistência dos sonhos de felicidade. Daí, veio o movimento "Desiste Brasil", organizando o antigo caos em ilhas, em zonas de atraso. Um dos sucessos foi o PEP, "PLANO DE EXTERMÍNIO DE PERIFERIAS". No início, alguns humanistas protestaram, mas, depois, se acostumaram com o fechamento das favelas com muros de concreto, como em Gaza-Auschwitz. Outro grande programa foi o PROCU (PROJETO DE CRIMINALIDADE UNIFICADA), que mapeou as máfias todas, a evangélica, a ruralista, hospitalar, a de traficantes, formando um arquipélago de áreas exclusivas com regras de matança mais controláveis. Sem falar em iniciativas de vanguarda moral como a COPUT (COOPERATIVA DE PROSTITUIÇÃO INFANTIL), que organizou as meninas de rua e incentivou o turismo sexual de que tanto dependemos. Isso, além do PROCRACK E DO PROMERD (CAGADAS GENÉRICAS) E A PROLIM (VENDA DE LIMINARES 'A PRIORI'). Criou-se o 'Orçamento Espoliativo', que os congressistas adoraram, com sete novos necrotérios em Alagoas e nove clínicas essenciais de cirurgia plástica no Piauí, de onde veio também a bela ideia da 'Comunidade Sossegada', que distribui Lexotans aos retirantes da seca. Mas foi aí que comecei a tremer. Olhava os outros do meu canto: pareciam tão felizes... Sim, mas, de vez em quando, eles entravam num choro meloso, um uivo desesperado como as sirenes que circulavam em Nueva Iork, no século 21. MEU TERROR FOI AUMENTANDO. EU ESTAVA SÓ, MAS VIA O REPULSIVO FUTURO BRASILEIRO, PREPARADO POR SÉCULOS DE ATRASO. CORRI DE VOLTA À MINHA 'ZONA DE ESQUECIMENTO', A "LE NÉANT", MERGULHEI NO SILÊNCIO DOS CINCO SENTIDOS E CEGO, SURDO E MUDO, PUDE FINALMENTE DESCANSAR NO NADA.












segunda-feira, 28 de julho de 2014

UM DOS POLÍTICOS MAIS PICARETAS DO BRASIL ( QUE FAZ PARTE DA DIREITONA SAFADA), DÁ LIÇÃO DE MORAL EM DILMA.




É O FIM DA PICADA: BOLSONARO PEDE DESCULPA A ISRAEL “PELA DESTRAMBELHADA, INOPORTUNA, HIPÓCRITA E COVARDE MANIFESTAÇÃO DE DILMA.

Jorge Serrão

O polêmico deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) adicionou mais uma pitada de pimenta yiddish à “Guerra de Itarareh” entre OS TERRORISTAS PETRALHAS e o GOVERNO ISRAELENSE. Já vira festa na internet a nota de apoio enviada no último dia 25 de julho pelo Capitão da reserva Bolsonaro ao Embaixador de Israel no Brasil, Rafael Eldad. A petralhada vai ficar ainda mais PT da vida com Bolsonaro que aproveitou o texto para pedir desculpas ao povo isrealense “PELA DESTRAMBELHADA, INOPORTUNA, HIPÓCRITA E COVARDE MANIFESTAÇÃO DO GOVERNO BRASILEIRO” contra o governo de Tel Aviv. As polêmicas palavras de Bolsonaro no texto vão alimentar a batalha que eletriza a “faixa de Gaza virtual”: “A nota bolivariana do Itamarati. Representando a Presidente da República, acusando Israel de agir com desproporcionalidade pode ser comparada a uma condenação de policial que tenha revidado com fuzil 7.62 a ataque de marginais utilizando armas calibre 38. NO PASSADO, O BRASIL TAMBÉM ENFRENTOU O SEU TERROR QUANDO A ESQUERDA, PELAS ARMAS E FINANCIADA PELO COMUNISMO, TENTOU CHEGAR AO PODER, A JUSTA REAÇÃO DO ESTADO ESTÁ SENDO CONTESTADA, ASSIM COMO ISRAEL O ESTÁ E SE DEFENDER DO HAMAS”. Depois de fazer um histórico do passado de guerrilheira de Dilma Rousseff, o deputado Bolsonaro resume sua ópera: “O atual governo brasileiro ao longo dos últimos 11 anos sempre esteve ao lado do que há de pior no  mundo, como Fidel Castro, Hugo Chavez, Ahmadinejad, Evo Morales, Kim Jong-um, entre outros, na contramão do pacífico, ordeiro e trabalhador povo brasileiro. Reforça tal afirmativa a edição do Decreto 8.243, de 23/05/2014, que anula o Legislativo Brasileiro. EM NOME DESTES É QUE PEÇO DESCULPAS AO POVO ISRAELENSE PELA DESTRAMBELHADA, INOPORTUNA, HIPÓCRITA E COVARDE MANIFESTAÇÃO DO GOVERNO BRASILEIRO”.

PITACO DO BLOG CHUMBO GROSSO: - A DILMA TÁ NOS MATANDO DE VERGONHA. TANTO AQUI NO BRASIL QUANTO LÁ FORA. A PETEZADA PERSONIFICA TODA A CÓLERA DOS IMBECIS QUE BABAM A BABA DA IGNORÂNCIA E DA ESTUPIDEZ PETRALHA. O PT FOI UMA APOTEOSE DA ESTUPIDEZ POLÍTICA, MORAL, ADMINISTRATIVA E NO CAMPO DA DIPLOMACIA É UM DESASTRE. VAMOS ACABAR COM O PT, NA INTERNET E NAS URNAS!!! 





src="http://www.minhaconexao.com.br/mini-velocimetro/velocimetro.php?model=1&width=160&height=160">
Velocimetro